fbpx

Aprenda agora a fazer um planejamento estratégico infalível

Aprenda agora a fazer um planejamento estratégico infalível

Fazer o planejamento estratégico de uma empresa é um fator vital para o sucesso do negócio. Dirigir uma empresa sem um planejamento é como tentar controlar um caminhão desgovernado: você falha em todos os movimentos e, no fim, acontece um desastre.

A administração de empresas requer certo nível de conhecimento, e mesmo que você não tenha formação na área, é imprescindível conhecer alguns conceitos. Um deles é o planejamento estratégico, que leva seu negócio ao sucesso de forma mais assertiva, ágil e com menos esforço.

No post de hoje, você vai aprender a fazer um planejamento estratégico infalível, com todos os detalhes que levam seu negócio ao topo mais rápido.

 

O que é planejamento estratégico?

O planejamento estratégico é um conjunto de diretrizes que mostra o melhor caminho para atingir determinados objetivos ao longo de um período. Normalmente, é feito para o ano seguinte.

Em outras palavras, através do planejamento estratégico, a empresa entende onde está, determina onde quer chegar e, com o uso de algumas ferramentas e análises, escolhe os melhores caminhos, com metas, objetivos, estratégias e ações que levem até lá.

 

Qual a importância do planejamento estratégico?

Sem o planejamento estratégico, você corre o risco diário de tomar decisões erradas, baseadas em suposições vagas e infundadas, além de não ter consistência na administração da empresa.

Quando todos os esforços estão alinhados com diretrizes bem definidas, fica muito mais fácil alcançar o sucesso e o crescimento. É no planejamento estratégico que você pode mensurar o quanto sua empresa pode crescer e qual o potencial do seu negócio no mercado.

Empresas que não fazem um bom planejamento estratégico frequentemente enfrentam o fracasso de um produto ou serviço, de uma ação de marketing, declínio financeiro e, finalmente, a falência.

 

Como fazer um planejamento estratégico?

Veja a seguir o passo a passo para um planejamento estratégico infalível.

 

1 – Determine a identidade da empresa

A primeira coisa a ser feita para se obter um bom planejamento estratégico é determinar quem é sua empresa. São 3 fatores que devem ser bem definidos:

Missão: para quê sua empresa existe, ou qual o principal objetivo do negócio para os clientes?

Visão: onde sua empresa quer chegar no futuro, ou como ela quer ser vista pelos clientes futuramente?

Valores: quais são as características que compõem o caráter da sua empresa, ou quais os princípios nas quais ela se fundamenta?

 

2 – Identifique os stakeholders

Stakeholder é um grupo de pessoas que é afetado ou afeta diretamente o seu negócio. Como exemplo de ilustração, podemos imaginar uma operadora de internet. O negócio é afetado diretamente pela qualidade das instalações de telecomunicações na cidade onde atua, e afeta diretamente todos os negócios que se utilizam de seu serviço para operar suas atividades.

Este é apenas um exemplo simples para que você entenda o que significa stakeholder e identifique os seus. De forma geral, todos os interessados em seu negócio, ou as pessoas que são influenciadas, voluntária ou involuntariamente por ele, são stakeholders.

 

3 – Faça uma análise SWOT

A análise SWOT é uma ferramenta de gestão que serve para identificar fraquezas, forças, ameaças e oportunidades. É bastante simples de usar.

No ambiente interno (empresa) ficam as forças e as fraquezas. No ambiente externo (mercado) ficam as oportunidades e ameaças. Identifique quais são com o máximo de precisão possível, pois isto é fundamental para fazer um planejamento estratégico de sucesso.

 

4 – Construa o mapa estratégico

Agora que você já identificou seus stakeholders e fez a análise SWOT, ficou mais fácil criar seu mapa estratégico.

Para isso, vamos utilizar outra ferramenta de gestão, chamada de BSC – Business Scorecard.

 

O Business Scorecard é um conceito desenvolvido na década de 1990 que divide o sucesso da empresa em pilares:

  • Perspectiva financeira: define os objetivos financeiros para o período do planejamento estratégico, como lucro, faturamento, rentabilidade e produtividade;
  • Perspectiva de mercado: trata do posicionamento do negócio no mercado, a satisfação dos clientes, a taxa de retorno dos clientes e a prospecção de novos clientes;
  • Perspectiva de processos internos: referente aos processos que mais têm impacto na organização, em especial para os clientes, mas também incluindo os funcionários;
  • Perspectiva de recursos: trata da capacidade da empresa em fornecer processos eficientes, seu conhecimento da área de atuação e a preparação que possui para suas atividades.

 

Com isso, obtêm-se 4 objetivos, que vamos explicar na ordem correta:

  • Objetivos de aprendizado e crescimento: afetam a capacidade da empresa de estruturar melhores processos;
  • Objetivos internos: possibilitam entregar maior satisfação ao cliente, melhorar a prospecção e o valor de mercado da empresa;
  • Objetivos do cliente: aumentam o faturamento e a margem de lucro, bem como melhoram a saúde financeira da empresa como um todo;
  • Objetivos financeiros: controlam os resultados financeiros da empresa, avaliando a rentabilidade e a lucratividade.

 

É através destes objetivos, ou metas, que você determina o que deve ser feito para sua empresa decolar. Definir bem estas metas é um dos passos mais importantes para fazer um planejamento estratégico eficiente. E lembre-se: leve em consideração seus stakeholders, a análise SWOT e sua identidade.

 

5 – Crie um plano de ação

Agora que você já criou o planejamento estratégico teórico, é hora de tirar tudo do papel e iniciar as ações. Para isso, elabore uma relação do que deve ser feito em cada etapa dos objetivos.

Comece pelos objetivos de aprendizado e crescimento, determinando o que precisa ser feito para que sua empresa seja cada vez mais capaz de atuar no mercado. Quanto mais bem preparada estiver a empresa, melhores serão as chances de sucesso.

Para fazer um planejamento estratégico de sucesso, não importa quantas ações seu plano de ação terá, mas sim o impacto que cada uma gera no negócio.

Uma das formas mais fáceis de criar um plano de ação efetivo é respondendo à pergunta: o que tenho que fazer/ter para alcançar os objetivos definidos de cada etapa? Talvez, seja necessário elaborar um plano de ação com vários passos para cada objetivo. Se for o caso, faça isso sem medo.

Muito importante sempre se lembrar de alinhar suas ações com a identidade da empresa, e os objetivos com a análise SWOT e os stakeholders. Seguindo os passos acima, seu planejamento estratégico terá sucesso garantido.

Agora que você já sabe como fazer um planejamento estratégico infalível, assine nossa newsletter e continue recebendo conteúdos relevantes para a gestão da sua empresa.

Fique por dentro das últimas novidades sobre gestão empresarial! 

Assine a newsletter do blog Adaptive e receba conteúdos novos toda semana diretamente no seu e-mail!

Leia Também

Temos soluções para diferentes necessidades.

Saiba como tornar o seu negócio mais competitivo no mercado.

Muito Obrigado!

Muito Obrigado!