Dicas infalíveis para aumentar o ticket médio da sua empresa

aumentar o ticket médio

Aumentar o ticket médio da empresa é algo desejado por muitos empresários, pois isso pode significar que os clientes estão comprando mais ou de forma mais frequente. 

Mas, antes de tudo, é preciso explicar o que essa expressão significa, exatamente. Você sabe o que é o ticket médio?

Ticket médio é o valor que indica quanto, em média, cada cliente tem comprado na sua empresa. Ou seja, quando esse índice é alto, significa que suas vendas estão lá em cima. Por outro lado, se é baixo, quer dizer que as vendas por cliente não estão tão boas. 

Logo, é preciso pensar em ações para alavancar esse número.

Com uma fórmula bem simples, você consegue obter os valores do ticket médio da sua empresa:

Faturamento ÷ Número de Vendas = Ticket Médio

Aumentar o ticket médio de vendas é uma ação fundamental para manter a competitividade no segmento em que se atua. Para fazer isso, é necessário um pouco de criatividade e bastante planejamento, correto? Sim! Mas, vai além. 

Contar com um sistema de gestão que ajude a potencializar ainda mais as suas vendas pode ser a carta na manga para colocar o seu ticket médio lá em cima. Além, claro, de contar com uma série de estratégias que se tornam fundamentais na hora de fazer o valor por venda aumentar.

 

Siga essas dicas e veja o ticket médio aumentar

Adotar um ERP realmente efetivo é um importante passo para promover o aumento de vendas. Mas, no dia a dia, você ainda pode contar com uma série de estratégias para atingir este objetivo.

Para te auxiliar com isso, listamos várias dicas fundamentais para aumentar o ticket médio na sua empresa. Confira!

1. Invista na variedade de produtos

Aumentar o leque de produtos que sua empresa vende faz com que o cliente não precise ir a outra empresa, por exemplo. Ele pode comprar tudo em seu estabelecimento, além dos outros itens que originalmente desejava.

Essa perspectiva também se aplica para outros segmentos, como distribuidoras, lojas de materiais de construção, lojas de conveniência, restaurantes, autopeças, supermercados, madeireiras, óticas, lojas de roupas etc.

Assim, investir em marcas variadas e produtos que tenham a ver com seu segmento é uma ótima estratégia para aumentar o ticket médio.

2. Aposte no desconto progressivo

O famoso “leve 3 pague 2” é outra forma assertiva de se aumentar o ticket médio. É uma estratégia simples, mas que alcança percentuais de vendas excelentes.

Você também pode empregar descontos por quantidade de itens: quanto mais produtos o consumidor levar, maior o abatimento no valor final (10%, 15%, 20%, etc.)

Mas lembre-se, primeiramente, de avaliar todos os seus gastos. Tenha em mente o custo fixo e variável, além de suas margens de lucro. Essa tática é mais aplicada principalmente quando você precisa girar o estoque.

3. Use as ferramentas digitais

O aumento do ticket médio depende do fluxo de vendas, que é potencializado pelas propagandas. E, hoje, os meios digitais são uma maneira barata e eficaz para divulgar o seu negócio.

Você não precisará investir muito para apresentar suas promoções, ou instigar seus clientes a comprar suas mercadorias. Basta aproveitar as redes sociais ou seu site para apresentar sua marca.

Mas, para aproveitar esses recursos, lembre-se de estudar bem o perfil do seu consumidor e seguir à risca as indicações de um plano de marketing digital específico para seu tipo de negócio.

Empresas costumam ter forte concorrência, principalmente em bairros pequenos. Por isso, utilize as redes sociais ao seu favor, ressaltando a qualidade dos seus produtos e do seu atendimento, bem como a variedade ofertada e, claro, os preços. 

4. Organize a cartela de produtos com itens que se complementam

É uma prática básica do comércio varejista, mas muita gente de outros segmentos pode esquecer de unir produtos que se complementam. Em lojas de materiais de construção, por exemplo, mantenha as furadeiras perto das brocas e outros utensílios. Ou os canos de PVC próximos das fitas veda-rosca.

Dessa forma, o cliente é instigado a comprar um item realmente necessário, mas que nem sempre se dá conta de que precisa dele.

E isso não se limita às lojas físicas. Quem tem e-commerce também pode aproveitar essa tática. Otimizar o site para ofertar produtos complementares é possível e até essencial para aumentar o ticket médio.

Em alguns  sistemas ERP como o da Adaptive, existem ferramentas impulsionadoras ao aumento do ticket médio. No sistema RZ Business, há uma tela de vendas com itens equivalentes (originais e paralelos) e itens complementares, que ficam disponíveis aos seus funcionários. Assim, eles podem oferecer itens que se complementam sem mais problemas aos seus clientes.

Peça uma demonstração gratuita do nosso sistema, sem nenhum comprometimento.

5. Adote um programa de fidelização

Fazer o cliente voltar para a sua loja (virtual ou física) é outra maneira de faturar mais. E os programas de fidelização são ótimos para isso.

Estipule uma quantidade de compras que seu consumidor precisará fazer para depois receber um brinde ou desconto generoso.

Essa é uma técnica que contribui para conhecer os hábitos de seus clientes, para obter feedbacks mais reais e frequentes sobre seu atendimento e/ou sobre a qualidade das mercadorias.

Todas essas informações você pode, inclusive, organizar em um software de gestão empresarial. Esse tipo de tecnologia possibilitará a montagem de um cadastro completo dos seus consumidores fiéis.

Vale lembrar também que muitos desses programas permitem oferecer cashback ao cliente, que é quando ele recebe de volta determinado valor da compra. Ao ganhar um “presentinho”, o cliente fica com muito mais vontade de fazer uma compra nesse estabelecimento.

6. Ofereça cartões presentes ou cupons

Sempre tem um cliente que tem dificuldade em escolher um presente, e, por isso, você pode oferecer a possibilidade de cartões de presente. Desse modo, o cliente não sai da loja sem comprar.

Além disso, a pessoa que irá resgatar o valor do cartão ficará conhecendo um pouco mais de sua empresa (momento para caprichar no atendimento e ganhar um novo consumidor).

Os cupons de desconto também ajudam a melhorar as vendas e a aumentar o ticket médio. Você pode oferecê-los na sua empresa física ou, usando as informações sobre seu público-alvo, pode criar e-mails marketings para enviá-los.

7. Ofereça o frete grátis

Talvez hoje não exista um chamariz melhor para vender online do que o de custear o frete. A decisão de muitos consumidores para fechar o pedido esbarra no custo para receber o produto em casa.

Então, ir atrás de parcerias com transportadoras ou fechar planos promocionais com os Correios pode ser uma decisão fundamental se você quer potencializar seu faturamento. Lembre-se que sua loja não pode deixar de vender por causa do valor do frete!

8. Tenha total controle sobre seu estoque

Você já analisou o quanto perdeu em vendas por não ter produtos na prateleira ou em estoque? Além de ser frustrante para o cliente, por não conseguir comprar aquilo que deseja, não ter produtos à disposição significa grande perda financeira.

Por isso, é importante ter controle sobre o estoque para saber exatamente quais itens estão escassos e quais já estão em falta. Fazendo isso, você consegue sempre manter uma quantidade estocada adequada para oferecer ao cliente sem manter dinheiro parado.

Assim, ganha o cliente, que não tem surpresas na sua empresa; ganha você, que não perde a venda.

9. Crie um novo layout para sua empresa

Todas as empresas devem ser organizadas de modo a incentivar as vendas.

A primeira coisa a ser feita é deixar o balcão de atendimento no fundo da empresa. Dessa forma, o cliente que tiver alguma dúvida precisará cruzar a empresa para ter atendimento. Nesse caminho, ele vai conhecendo os produtos e, em muitos casos, percebendo que precisa comprar alguma coisa que nem estava programada.

Também no fundo da empresa você deve dispor os produtos que têm mais saída e os que dão maior margem de lucro. A curva ABC te ajudará a identificar esses produtos.

Como já citamos, a organização das prateleiras também deve ser feita de forma que produtos complementares estejam próximos um dos outros.

São ações simples, mas que no decorrer do mês fazem uma grande diferença na lucratividade do seu negócio.

10. Aceite as novas formas de pagamento

Hoje em dia, cartão de débito ou crédito não são mais as únicas formas para a realização de compras. Nos últimos anos, novas formas de pagamento surgiram e caíram no gosto da população, como é o caso do Pix e das carteiras digitais.

Trazer esses novos métodos de pagamento para sua empresa é essencial para garantir novas vendas. Muitas pessoas saem de casa apenas com o celular, mas nele estão os aplicativos bancários que permitem transações via Pix e os das carteiras digitais (AME, Iti, PicPay etc.).

Dessa forma, você chama para sua empresa aquele público que já abriu mão do dinheiro físico e dos cartões de crédito e apenas utiliza esses novos modelos para realizar compras.

Como um ERP ajuda a aumentar o ticket médio da sua empresa?

Primeiro, reflita: você tem vendedores ou atendentes em sua empresa? Se você pensou “tenho vendedores, mas eles apenas registram o pedido no sistema e encaminham o cliente ao caixa”, lamentamos informar, mas você possui atendentes.

Como o nome sugere, atendentes apenas se preocupam em atender aquele cliente e resolver a dor com qual ele chegou na sua empresa. Por sua vez, os vendedores entendem essa dor, a solucionam e descobrem outras que talvez o cliente nem sabia que possuía.

Com esse comportamento, os reais vendedores criam um ambiente de vendas mais promissor e, consequentemente, elevam o ticket médio de vendas da sua empresa.

Então, você deve estar pensando: como um ERP pode me ajudar a aumentar minhas vendas? Pois saiba que, hoje em dia, ter um ERP que apenas registra vendas e faz lançamentos contábeis é sinônimo de perda de dinheiro.

Um software completo é aquele que realmente te auxilia na gestão do seu negócio. Ele deve não apenas facilitar o registro e o acompanhamento das suas vendas, mas também oferecer informações e insights para a definição de estratégias de vendas mais assertivas.

O Adaptive Business, sistema de gestão da Adaptive utilizado por lojas em todo o Brasil, oferece soluções que visam a um só objetivo: aumentar as vendas do seu negócio.

Torne seus colaboradores em reais vendedores com o nosso ERP

Agora, sua pergunta deve ser esta: “Como incentivar os meus colaboradores a se tornarem realmente vendedores?”.

O Adaptive Business cumpre uma missão essencial neste trabalho de aumento de vendas graças, especificamente, a duas funcionalidades do sistema: “Itens agregados” e “Incentivo de vendas”.

Vamos falar agora sobre cada uma delas.

Itens agregados

Lembra quando a gente falou que vendedores de verdade são aqueles que realmente se preocupam com as vendas e vão além do que o cliente quer? Se seus funcionários têm travas em relação a isto, esta funcionalidade pode ajudá-los bastante.

Quando o vendedor insere um item no sistema para consulta ou baixa, automaticamente o sistema emite um alerta informando outros itens que estão relacionados ao cadastrado

Por exemplo, se o cliente está comprando um azulejo, ao informar isso ao sistema, ele sugere automaticamente que você ofereça a esse cliente argamassa, rejunte, espátula, entre outros.

Por que essa funcionalidade é importante? Primeiro, porque você ajudará o cliente a descobrir que ele precisa fazer uma compra que ainda não estava programada.

Além disso, o sistema atua também como um treinador dos seus funcionários. Com o tempo, antes mesmo de ir ao sistema, eles entendem que se o cliente quer o produto x, eles podem já oferecer o produto y. 

Depois, quando chegar no sistema com os produtos x e y, ele vai sugerir o produto z. Então, sempre haverá um complemento, e quanto mais itens forem cadastrados, mais serão sugeridos.

Com isso, seu ticket médio de vendas aumenta de forma orgânica. À medida que os clientes são convencidos de que precisam obter aquele produto que não estava na lista, o valor por venda aumenta. Você pode até criar metas na sua empresa para que os vendedores vendam valor X a partir das indicações do sistema ou X% das vendas diárias devem vir de lá.

A propósito, trabalhar com metas é sempre uma das melhores estratégias para aumentar o ticket médio na empresa.

Incentivo de vendas

A segunda funcionalidade importante na hora de aumentar as vendas com o nosso ERP é a “Incentivo de vendas”.

Ela funciona da seguinte forma: quando o vendedor insere o produto da venda, uma tela pop-up surge com indicações de outros produtos que estejam com um preço mais atrativo ou com itens relacionados, como acontece no caso anteriormente citado.

A importância desse artifício é que ele incentiva a venda de produtos que estão há muito tempo estocados ou com baixa saída, por algum motivo.

Dessa forma, os vendedores tratam dores dos clientes, desafogam o estoque e ainda aumentam o ticket médio.

Se você gostou desse post, aproveite e siga a Adaptive no FacebookInstagramLinkedin ou Youtube e fique por dentro de todas as dicas e novidades sobre gestão de negócios!

Fique por dentro das últimas novidades sobre gestão empresarial! 

Assine a newsletter do blog Adaptive e receba conteúdos novos toda semana diretamente no seu e-mail!

Temos soluções para diferentes necessidades.

Saiba como tornar o seu negócio mais competitivo no mercado.

Muito Obrigado!

Muito Obrigado!

Muito Obrigado!

Muito Obrigado!

Muito Obrigado!

Combo Light

Ao informar meus dados, eu concordo com a Politica de Privacidade

Muito Obrigado!

Combo Plus

Ao informar meus dados, eu concordo com a Politica de Privacidade

Muito Obrigado!

Combo Master

Ao informar meus dados, eu concordo com a Politica de Privacidade

Muito Obrigado!