Como criar um programa de indicação para fidelizar clientes na loja de conveniência?

Quando alguém que confiamos nos indica um produto ou serviço, nossa escolha certamente se baseará mais pela indicação do que qualquer propaganda que tenhamos visto. Com o segmento de postos de combustíveis não é diferente. Sendo assim, no texto de hoje trouxemos algumas dicas sobre como criar um programa de indicação para fidelizar clientes na loja de conveniência. Vamos lá? 

Há muito tempo, uma das principais técnicas para atrair novos clientes era o boca a boca. Apesar de antiga, essa é uma das estratégias de marketing mais efetivas que existem. Com o passar dos anos a prática mudou de nome, podendo ser conhecida como Buzz Marketing, Marketing de indicação ou mesmo Marketing boca a boca.

O ponto principal para quem quer saber como criar um programa de indicação para fidelizar clientes na loja conveniência é ter ou oferecer produtos e serviços realmente bons para serem indicados. Ninguém vai indicar algo que não atendeu suas expectativas ou que deixou a desejar, não é mesmo? 

Um programa de indicação é uma estratégia utilizada para que os clientes satisfeitos sejam incentivados a trazerem seus amigos e familiares. Tais práticas são ótimas para os negócios, pois além de fidelizarem novos clientes, ajudam na retenção dos mais antigos. Outro ponto muito importante é o fato da estratégia não exigir altos investimentos. 

Desta forma, os clientes satisfeitos receberão algum benefício quando indicarem alguém. Essa vantagem pode ser descontos em produtos e serviços, como também um elaborado programa que premia de acordo com o número de indicações feitas por cada cliente. Quanto mais ele indica, mais ele ganha.

Como criar um programa de indicação que funciona?

Conforme mencionamos logo acima, o primeiro passo para criar um programa de indicação e fidelizar os clientes é dar algo significativo para os seus clientes indicarem aos seus amigos e familiares. Por isso, foque em oferecer na sua loja de conveniência produtos e serviços de qualidade. 

Independentemente do modelo que escolher seguir, é necessário fazer uma pesquisa. Assim como qualquer ação importante na sua empresa, a pesquisa é um fator fundamental, pois além de diminuir os riscos de fracasso do programa de indicação para fidelizar clientes na loja de conveniência, esse levantamento pode ajudar a enxergar pontos que funcionam para a concorrência e que podem se aplicar ao seu negócio também. 

Após a pesquisa é hora de começar a definir as características do programa de acordo com os pontos identificados anteriormente. É aqui que você vai escolher:
 

  • Qual benefício será oferecido? 
  • Quem são os clientes que serão escolhidos para indicar? 
  • Quando serão abordados? Como? Entre vários outros pontos igualmente importantes.

Além da mecânica do programa de indicação para fidelizar clientes na loja de conveniência, é preciso pensar qual a mensagem que você deseja passar para os seus clientes. Ela deve ser simples e clara para todos eles, e também estar alinhada com os seus objetivos.

Antes de efetivamente lançar o programa de indicação, treine seus funcionários a respeito da novidade. São eles que estarão em contato com os indicados e os indicadores no dia a dia, por isso devem estar a par de tudo e saberem todas as regras e especificações do programa de indicação. 

Com o programa de indicação montado e a equipe treinada, agora é hora de espalhar a mensagem. 

Utilize todas as ferramentas de divulgação ao seu alcance, desde as mais tradicionais, como faixas e banners, até as mais modernas, como seu site, suas redes sociais ou até mesmo um e-mail marketing. O que importa é os seus clientes tomarem conhecimento do programa, certo?

Para garantir que o seu programa de indicação esteja funcionando e gerando bons frutos é preciso fazer o acompanhamento dos resultados obtidos. Uma boa maneira de fazer isso é por meio da definição de métricas que sejam relevantes para o seu negócio.

Algumas métricas que são importantes para você ficar de olho são: 

  • Números de usuários cadastrados; 
  • Quantos clientes vieram por meio do programa;
  • Qual a taxa de conversão. 

Por último, mas não menos importante, é preciso lembrar de tornar o processo da indicação o mais fácil possível para o cliente, pois qualquer sinal de que a tarefa é trabalhosa poderá fazê-lo desistir.

Passo a passo para criar um programa de indicação na loja de conveniência

1 – Faça uma pesquisa

Antes de tomar qualquer decisão que vai impactar a sua empresa é preciso realizar um levantamento de informações. Você precisa ter respostas para perguntas como: “O que seus clientes querem?”; “O que gostam?” “O que não gostam?” Desta forma, poderá tomar melhores decisões. Uma outra dica é sempre olhar a concorrência e verificar o que funciona ou não para eles. Essa pesquisa pode ser feita tanto no boca boca, como também por meio da caixa de sugestões.

2 – Seja indicável

Se seus produtos e serviços forem ruins, ninguém vai te indicar, não é mesmo? Para saber o que os clientes pensam sobre os seus produtos e serviços, nada melhor que uma pesquisa de satisfação, pois aí você poderá identificar os seus pontos fortes como também os que necessitam de ajuste.

3 – Pense na estratégia

Aqui você irá decidir todas as características do seu programa de indicação como: Qual o benefício obtido por aqueles que indicarem? Quem são os clientes e como serão abordados? O benefício será recebido a cada indicação ou terá certos limiares, por exemplo, a cada indicação ele recebe um prêmio, mas ao chegar em 10 indicações receberá um super benefício.

4 – Treine seus funcionários

Como são eles que irão tratar do assunto com os clientes, é imprescindível que eles saibam tudo sobre o programa. Reserve um tempo para explicar os mínimos detalhes do programa para os seus funcionários, certifique-se que todos compreenderam todas as características. Desta forma as chances dos seus clientes ficarem com dúvidas são reduzidas.

5 – Espalhe a mensagem

Nesta etapa, você precisa escolher como informar os seus clientes sobre a existência do programa, é importante escolher uma forma que chame mais atenção de acordo com o perfil do seu cliente. Pode ser por meio de banners ou faixas no seu posto, nas redes sociais, um disparo de e-mail marketing e até mesmo propagandas nas rádios e TVs locais.

6 – Acompanhe os resultados do programa de indicação

Talvez tão importante quanto a pesquisa, acompanhar os resultados do seu programa é fundamental para verificar se ele está trazendo bons resultados. Uma boa forma de fazer isso é estipulando algumas métricas como por exemplo: a quantidade de clientes cadastrados por meio do programa, quantos novos clientes em média cada cliente antigo indica. Entre outras informações que julgar relevantes para o sucesso do programa.

5 Dicas para ajudar você a fidelizar clientes na loja de conveniência

Um programa de indicação para fidelizar clientes na loja de conveniência não é a única maneira de fazer o seu negócio crescer. Essa estratégia é mais eficaz se utilizada em conjunto com algumas outras práticas. Vamos conhecê-las?

  • Melhore continuamente todos os dias: seja lembrado de maneira positiva pelos seus clientes, procure formas de melhorar constantemente, pois uma empresa nunca está perfeita, sempre há algo em que podemos melhorar; 
  • Atendimento de excelência é fundamental: além de produtos e serviços de qualidade, seu atendimento também precisa estar à altura. Treine sua equipe frequentemente para atender bem antes, durante e depois de uma venda; 
  • Faça parceiros: parcerias entre empresas são excelentes formas de desenvolver dois negócios de uma só vez. Por isso procure por companhias que possam ter objetivos em comum com a sua; 
  • Presença on-line é fundamental: estar fora da internet hoje em dia é quase a mesma coisa que não ter um negócio. Não é preciso uma enorme quantidade de dinheiro para isso, apenas comece com o básico, cadastre seu posto no Google e nas principais redes sociais; 
  • Conheça sua clientela: para que qualquer negócio cresça é preciso que ele entenda quem são seus clientes, o que eles gostam ou não. Para conhecer os seus clientes mais profundamente, uma boa ideia pode ser a pesquisa de satisfação.

Bom, agora você já sabe que para criar um programa de indicação e fidelizar clientes na loja de conveniência é preciso conhecer quem compra de você, ter estratégia e oferecer produtos e serviços de qualidade. 

Mas que tal fazer tudo isso e ainda se destacar da concorrência? Confira já o nosso e-book sobre como diferenciar o seu posto dos concorrentes.

 

 

GOSTOU? Deixe seu e-mail e receba conteúdos como este!

O que achou? Deixe um comentário