A importância da comunicação visual para o posto de combustível

Publicado em:

A importância da comunicação visual para o posto de combustível

Parar em um posto de combustível uma vez por semana, quinzenalmente ou ao menos uma vez ao mês já se tornou algo comum para a maioria dos brasileiros. E justo por se tratar de uma ação rotineira, os consumidores podem observar várias vezes os detalhes da comunicação visual que o posto apresenta.

Não é por acaso, portanto, que os gestores de marketing e administração de postos de combustíveis devem investir em estratégias visuais que encantem o consumidor e passem todas as informações necessárias sobre promoções e pontos de entrada, saída e permanência, por exemplo.

Acompanhe as próximas informações e entenda melhor. Vamos lá!

 

Comunicação básica

 

De modo primário, um projeto visual para postos de combustíveis deve contemplar os seguintes elementos: totens e testeiras infláveis, placas de preços, demarcação da área de abastecimento e banners promocionais.

Trata-se do material “básico” para garantir que o consumidor identifique rapidamente os preços e as áreas pelas quais ele deve entrar, permanecer e sair.

É importante ressaltar que cada um destes elementos deve ter a aparência de “novo”, com cores vívidas e letras e números claros. Isso porque materiais velhos e desgastados podem passar uma péssima impressão para o consumidor, fazendo com que ele busque um concorrente mais comprometido e preocupado com a sua comunicação  visual.

 

Combinação de cores

 

É impossível falar em comunicação visual sem citar o conceito de harmonização de cores. Elementos publicitários, uniformes de funcionários, tapetes, testeiras entre outros ornamentos devem estar em total “sintonia” de tons para que a identidade da marca não seja vista de forma distorcida.

Por isso, é fundamental que as peças de comunicação e merchandising sejam criadas por um designer especializado, uma vez que somente este profissional poderá garantir uma perfeita harmonização de cores desde a fase de projeção até a confecção das peças.

O mesmo vale para as estruturas arquitetônicas do ponto de venda: se não houver sintonia de cores, formas e funcionalidade, a imagem da entrada e saída do posto pode ganhar um aspecto negativo.  Na dúvida, é aconselhável buscar o auxílio de um arquiteto.

 

Atenção à experiência de compra

 

Quando o objetivo é surpreender o consumidor e aumentar a competitividade do posto de combustível, os gestores devem investir não só nos elementos básicos de comunicação visual, mas também em estratégias que tornem a experiência de compra mais agradável e geram mais valor.

Suponhamos que, ao chegar a um posto para abastecer, o consumidor descobre que pode ganhar futuros descontos com um cartão de fidelidade oferecido de forma gratuita.

Evidentemente, as chances de que ele retorne ao local e recomende-o para amigos serão muito maiores a partir de então.  Ofertar recompensas como um copo de água mineral após o abastecimento ou uma lavagem do veículo também pode ser interessante para criar um “pacote de valor” e incitar o retorno do cliente.

A importância da comunicação visual para postos de combustíveis fica clara, por fim, quando consideramos a concorrência cada vez mais acirrada do setor. Assim, quanto mais investimentos forem feitos para encantar os olhos do cliente, maiores serão as taxas de retorno em atração e fidelização.

 

Fonte: Arxo

GOSTOU? Deixe seu e-mail e receba conteúdos como este!

O que achou? Deixe um comentário