4 indicadores de desempenho para você medir o sucesso do seu negócio

Publicado em:

4 indicadores de desempenho para você medir o sucesso do seu negócio

Tomar decisões certas no momento oportuno pode ser a diferença entre a falência ou sobrevivência do seu negócio em tempos de crise. Indicadores de desempenho podem ser de grande valia para apoiar sua tomada de decisões. Com eles, fica mais fácil saber se os investimentos realizados estão gerando o retorno esperado.

Como Robert Kaplan diz, “o que não é medido, não é gerenciado.” Por isso, é importante que você defina alguns indicadores de desempenho para avaliar os resultados do seu posto de combustível como negócio viável e lucrativo.

Vamos aprender quais são eles?

 

O que são indicadores de desempenho?

Antes de mais nada, você precisa entender o que são indicadores de desempenho. Também chamados de KPIs (Key Performance Indicators ou, em português, indicadores-chave de desempenho), eles são métricas que contribuem para que a empresa avalie seus resultados internos e externos. Esses indicadores estão geralmente embasados em gestão de clientes, funcionários, resultados de vendas e marketing.

Vale lembrar que essas métricas devem quantificar a performance de acordo com os objetivos organizacionais da sua empresa. Portanto, se ela deseja expandir suas operações, é importante medir a velocidade da equipe de atendimento ao cliente, por exemplo. Assim, você evitaria a situação de atrair mais clientes e falhar no atendimento porque seu time não dá conta de atender um número maior de pessoas.

 

Net Promoter Score (NPS)

Esse é um indicador utilizado para medir o nível de satisfação dos seus clientes.

Ele é calculado de acordo com a seguinte pergunta:

Em uma escala de zero a dez, o quanto indicaria nossa empresa para um amigo ou familiar?

Com as respostas obtidas, é possível classificar os resultados em 3 categorias:

  • os clientes detratores (notas de 0 a 6)
  • clientes neutros (notas de 7 a 8)
  • clientes promotores (avaliações de 9 a 10)

 

O ideal para o seu negócio é ter uma base forte de clientes promotores, que falae bem da empresa e a indiquem para outras pessoas.

 

Ticket médio

Esse é um indicador de desempenho diretamente associado com a área de vendas.

Com ele, é possível conhecer o valor médio das suas vendas e se ele está de acordo com o dos outros postos da cidade ou se é o número desejado pela sua empresa.

Para calcular o ticket médio, você deve considerar o faturamento de determinado período (pode ser mensal, trimestral etc.) e o número de vendas efetivadas nesse mesmo período (emissões de cupons fiscais). Portanto:

Ticket médio = faturamento bruto do período / volume total de vendas do período considerado

 

ROI (Retorno sobre Investimento)

Esse indicador permite saber quanto de retorno um determinado investimento gerou para a empresa.

Com isso, você pode priorizar áreas de investimento e entender quais delas são melhores para a lucratividade e crescimento do seu empreendimento.

Para calcular o ROI, use a fórmula abaixo:

ROI = (retorno obtido – investimento feito) / investimento feito

 

Taxa de turnover

Essa taxa identifica o percentual de funcionários que deixam a empresa em determinado período. Essa taxa costuma ser especialmente alta em postos de combustíveis.

Quando o turnover é elevado, a empresa perde dinheiro com rescisões trabalhistas e tempo com a aplicação de novos processos seletivos. Além disso, ela tem sua imagem prejudicada no mercado pois pode haver oscilações no padrão de atendimento ao cliente já que a rotatividade de funcionários é grande.

Para calcular sua taxa de turnover, faça a seguinte conta:

Turnover = número total de desligamentos no período / total de funcionários no mesmo período x 100

Agora, você tem ferramentas para se sentir mais seguro em suas decisões. Vale lembrar que esses indicadores de desempenho só funcionam quando estão alinhados com as estratégias de negócio e quando você separa um tempo na rotina para acompanhá-los.

Se você tem uma agenda restrita, uma boa ideia é automatizar a medição desses indicadores de desempenho com um sistema ERP. Afinal, não adianta nada medir se você não souber que ações tomar com esses números, certo?

 

Gostou do artigo?

Aproveite para compartilhar conosco suas dúvidas ou experiências sobre o assunto. Deixe seu comentário!

GOSTOU? Deixe seu e-mail e receba conteúdos como este!

O que achou? Deixe um comentário