fbpx

Vazamento de combustível em postos de gasolina: saiba como prevenir

Publicado em:

A contaminação do meio ambiente por postos de gasolina, incluindo o vazamento de combustível, é considerada crime, tendo em vista os danos graves ao ecossistema e à saúde humana. Como consequência, o posto está sujeito a aplicação de multas, sanções e, em casos mais graves, pode ocorrer a revogação da licença e do certificado ANP (Agência Nacional do Petróleo).

Além disso, para o empresário, o vazamento de combustível também sinaliza um grande desperdício e prejuízo financeiro a longo prazo.

Neste artigo, portanto, vamos explicar como costuma acontecer o vazamento e o que deve ser feito para prevenir sua ocorrência.

 

Consequências graves do vazamento de combustível

 

Na composição de combustível estão presentes diversos produtos químicos inflamáveis e tóxicos, capazes de contaminar o solo. O vazamento dessa substância pode causar incêndios e explosões capazes de destruir uma área inteira; além de afetar diretamente o meio ambiente, por vezes, de forma irreversível.

E mais: postos que não seguem as normas previstas por lei contribuem para a contaminação de água local, comprometendo o consumo e a saúde de pessoas da região. 

Por esses motivos, os cuidados para diminuir o risco de contaminação ambiental são tão importantes e de total responsabilidade da equipe de gestão e de funcionários do posto.

 

Principais causas do vazamento de combustível em postos de gasolina

 

– Vazamento nas bombas de abastecimento

 

Isso acontece nos postos mais antigos em que as bombas de combustível são instaladas acima do solo nativo. Logo, qualquer vazamento cai diretamente no solo, acumulando-se ao longo do tempo e contaminando toda região.

Quanto a isso, os dispensadores mais atuais são construídos sobre caixas de contenção de derramamento (sumps), projetadas com o objetivo de capturar qualquer gotejamento. Invista nessa atualização e mantenha o seu posto seguro quanto à contaminação ambiental.

 

– Transbordamento do tanque que não possui contenção

 

O transbordamento ocorre quando o caminhão entrega o combustível ao tanque de armazenamento subterrâneo. 

O derramamento, nesse caso, tem mais ocorrência em tanques de aço mais antigos. Nesses tanques, há um dispositivo de fechamento para interromper o fluxo do produto, ocorrendo vazamento no momento em que a mangueira é desconectada. 

Ao longo do tempo, esses vazamentos prejudicam significativamente o solo. 

 

– Erros na entrega do combustível

 

No momento de descarregar o combustível podem ocorrer vários erros operacionais. Desde a indicação incorreta do compartimento do tanque até problemas nos equipamentos como conexões, mangueiras e etc. 

Isso, mais uma vez, pode acarretar em um derramamento de combustível no solo.

 

– Instalação incorreta do tanque

 

Uma outra questão que pode acarretar no vazamento de combustível é a instalação incorreta do tanque de armazenamento subterrâneo. Se ele for posicionado de forma errada ou se for utilizado material incorreto para o aterramento, as partes interna e externa podem ser prejudicadas. 

 

– Tanque com muito tempo de uso

 

Os combustíveis, em especial, a gasolina e o diesel, além de serem produtos inflamáveis, levam muito tempo para degradar. 

Se os tanques estiverem com validade vencida ou em condições inadequadas, oferecem alto risco de vazamento. Dessa forma, é preciso retirá-los e encaminhá-los a aterros licenciados especificamente para esse recebimento. 

O tanque jaquetado subterrâneo é tipo correto e indicado para a armazenagem de combustíveis em postos revendedores, por meio da Resolução 273 de 29/11/2000.

 

Como reduzir o risco de contaminação ambiental por vazamento de combustível?

 

 

Diante dos riscos que o vazamento de combustível oferece ao meio ambiente e às pessoas que vivem próximas aos reservatórios, há diversas normas para a instalação de equipamentos ou tanques de armazenamento. 

Portanto, primeiramente, o responsável pelo posto deve responder às normas técnicas vigentes para evitar os problemas mencionados ou punições decorrentes do descumprimento da legislação.    

Algumas medidas que também podem ser feitas para evitar o vazamento de combustível são:

 

Utilize câmeras de contenção

 

Para evitar o vazamento de combustíveis nas bombas de abastecimento é recomendado utilizar câmeras de contenção, confeccionadas em material impermeável, sob as unidades de abastecimento. Elas impedem o contato direto do combustível vazado com o solo e indicam qualquer vazamento por meio de sensores instalados em seu interior.

 

Utilize um  piso adequado

 

Para evitar que seja feito esforço nas tubulações enterradas, o material que for utilizado na construção do piso do estabelecimento, assim como a sua espessura, devem seguir as recomendações técnicas da ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas).

 

Opte por tubulações de PEAD

 

Hoje, são fabricadas tubulações feitas de PEAD (Polietileno de Alta Densidade). Elas oferecem permeabilidade similar a dos metais, possuindo grande resistência mecânica.  Além disso, são flexíveis para absorver os impactos e adaptar-se à movimentação do piso e do solo.

Também podem ser adicionadas tubulações secundárias, as quais envolvem a tubulação principal. Isso ajuda a aumentar a eficiência da contenção de vazamentos, inclusive com a instalação de sensores de vazamentos entre as duas tubulações. 

 

Utilize câmaras de calçada com contenção de descarga de combustíveis

 

As chamadas câmaras de calçada com contenção de descarga de combustíveis são dispositivos compostos de material impermeável, o que permite total retenção de eventuais vazamentos, evitando que o produto atinja o solo.

Junto ao sistema de contenção pode ser instalado, também, um dispositivo de descarga selada no bocal de enchimento do tanque. Esse mecanismo ajuda a evitar o retorno do combustível caso a capacidade do tanque seja excedida. 

 

Adeque suas linhas de respiro

 

As linhas dos respiros devem conter dispositivos especiais capazes de impedir o seu preenchimento por combustível, assim como válvulas de retenção com esfera flutuante. Uma vez atingido o volume máximo, essa esfera veda a saída do respiro correspondente e bloqueia a saída dos vapores, o que impede a continuidade do descarregamento do combustível.

 

Conte com um sistema de monitoramento para evitar o vazamento de combustível

 

Para profissionalizar o seu fluxo de gestão e garantir que, de fato, não ocorra mais vazamento, sistemas, como o da Adaptive, atua integrado com o equipamento de medição e monitoramento de tanques instalados no posto.

Dessa forma, o proprietário do estabelecimento receberá uma mensagem de alerta sempre que houver uma ocorrência de vazamento.

Aliado a todas as demais práticas, certamente seu posto funcionará com a segurança necessária para a saúde dos seus funcionários, dos moradores da região e do ambiente como um todo. Além disso, claro, não será necessário pagar por multas relativas ao descumprimento legal das normas de proteção ambiental.

 

Deseja conhecer o Sistema Adaptive para o controle de vazamento de combustível?

Entre em contato conosco, solicite uma demonstração e mantenha-se longe de qualquer risco!

 

 

Leia também:

Como Transformar os Funcionários do Seu Posto em Vendedores de Alta Performance

GOSTOU? Deixe seu e-mail e receba conteúdos como este!

O que achou? Deixe um comentário

Saiba quais foram nossas medidas e ações para proteger e garantir o bem-estar de nossos colaboradores e parceiros durante a pandemia. Leia as atualizações mais recentes.