fbpx

3 importantes benefícios ao adotar um software para gerenciamento de lojas de varejo

3 Importantes benefícios ao adotar um software para gerenciamento de lojas de varejo

Os softwares de gerenciamento de lojas de varejo percorreram um longo caminho na última década. Agora estão mais acessíveis, escaláveis e eficientes do que nunca. Os avanços na tecnologia, na comunicação de dados, no desenvolvimento de software e computação em nuvem criaram um cenário perfeito, abrindo o caminho para mudar o modo de gerenciar o varejo.

Nesta era digital, é possível você personalizar seu software, integrando as áreas e processos relacionados em uma empresa, fator importante na escolha de uma solução adequada ao seu negócio.

 

O que é o software de gerenciamento para empresas de varejo?

Pode ser definido como um aplicativo ou conjunto de aplicativos de software (geralmente integrados entre si) que auxiliam os varejistas a operar seus negócios.

O mercado varejista está em constante mudança e está sempre crescendo, tornando-se muito importante que os varejistas invistam em um software de gerenciamento de varejo de alta qualidade para gerenciar todas as áreas de sua empresa. No entanto, as organizações enfrentam um grande desafio ao escolher o software certo que atenda às suas necessidades.

A procura por um software ideal deve exigir que a ferramenta simplifique o processamento das transações, aumente a eficiência e minimize os erros de coleta de dados, entregue informações precisas em todos relatórios, acompanhe todas as fases da venda, sincronize os dados das filiais com a matriz, caso tenha e ainda, possa integrar com outros softwares de programas de fidelidade.

 

1 – “Fazer valer pelo valor pago”

Como dissemos, o software de gerenciamento de lojas de varejo já percorreu um longo caminho, especialmente na década passada, e criou muita flexibilidade para os proprietários de empresas em termos de funcionalidades e custo, fornecendo recursos com base nas necessidades dos pequenos a grandes varejistas. Algumas empresas comercializam seus sistemas no método “à la carte”, ou seja, as funcionalidades do sistema não permitem customizações, no máximo, parametrizações e podem não atender às necessidades específicas da sua empresa.

Por exemplo, se você é um pequeno varejista e deseja ter um banco de dados de clientes para acompanhar o histórico de compras e as informações de contato de seus clientes, certifique-se de que seu sistema inclui a funcionalidade de CRM (Customer Relationship Management, ou sistema de gestão de relacionamento com o cliente). Assegure-se e esteja ciente se a ferramenta que vai adquirir, existe algum custo adicional para esse recurso.

Então, antes de mergulhar e comprar algo porque parece interessante ou porque outros donos de empresas dizem que é a maior inovação do varejo, aqui estão algumas dicas a considerar antes de implementar um sistema de gestão de varejo:

  • Entenda o custo total da ferramenta. Você está comprando o software como uma compra única? Você está pagando uma taxa recorrente por um modelo de contrato que inclui futuras atualizações e lançamentos?
  • O suporte ao cliente será cobrado? Há limite de uso?
  • Existe algum investimento inicial em hardware para o PDV ou pode ser incluído como parte de uma taxa recorrente?
  • Quais as regras que regem seu contrato? Você está fidelizado ou pode cancelar a qualquer momento?
  • Peça referências de outras empresas que já utilizam esta ferramenta, dentro da sua mesma área de atuação. É oferecida uma avaliação gratuita para testar?
  • Escalabilidade. As funcionalidades que atendem o seu negócio hoje podem não atenderem o seu negócio no próximo ano. Certifique-se de que o software possa se adaptar às suas crescentes necessidades de negócios.

 

2 – Melhor eficiência

O objetivo do software de gerenciamento de varejo é tornar seu negócio mais eficiente. Afinal, esta ferramenta deve automatizar as tarefas operacionais, os processos de negócio, fazendo melhor uso dos recursos disponíveis para que você não fique preso em processos de gestão antiquados e muito operacionais.

Uma melhoria significativa que você terá, será a velocidade na qual você pode concluir as atividades de transações ao passar de uma caixa registradora para um sistema de PDV. Seu processo de checkout será mais rápido, o que deixará os clientes satisfeitos. O gerenciamento de estoque será mais fácil, transformando você em um gestor de negócios mais produtivo. Sua contabilidade também ficará satisfeita em saber que não precisará mais acompanhar as vendas ou as horas dos funcionários por meio de recibos em papel e folhas de ponto.

Quando a eficiência de uma empresa melhora, seus custos são reduzidos e sua competitividade é aumentada, desde que o foco seja também na produtividade.

 

3 – Maior precisão e gestão do tempo

A frase “tempo é dinheiro” é muitas vezes dita, mas tem um peso muito grande quando você é dono de uma empresa. Conforme você administra seus negócios, sabe que quanto mais tempo gasta em um projeto, mais dinheiro você gasta. Ao atualizar as ferramentas de trabalho, seu software, você poderá otimizar a gestão do tempo gasto na execução de várias atividades. Ganhar tempo, alinhado à precisão com que se realizam as tarefas é uma recompensa valiosa para o proprietário de qualquer empresa.

O software de gerenciamento de varejo pode melhorar significativamente a qualidade e o processamento das informações do seu negócio. Ao automatizar itens como a leitura de código de barras no check-out e para fins de inventário, você pode diminuir consideravelmente o impacto que o erro humano teria nessas áreas.

Com um sistema automatizado no PDV, você poderá gerar relatórios ao final do dia e programar as próximas compras, pois cada produto que foi vendido será deduzido do seu estoque, acionando automaticamente o setor de compras. As notificações ou alertas podem ser programadas por exemplo, quando um item de estoque fica abaixo de uma quantidade especificada pelo setor de compras, notificando assim os gestores de que o item precisa ser reabastecido.

Embora haja muito mais benefícios em adotar um software de gerenciamento de varejo do que o mencionado aqui, consideramos este três como os principais.

Estratégias e ferramentas sob medida ajudam a transformar os processos de negócio, automatizando as rotinas do dia a dia, permitindo fazer mais com menos, fornecendo soluções de gestão empresariais simples, rápidas e flexíveis.

É essencial ter conhecimento sobre o que realmente importa para cada cliente, utilizando informações de forma inteligente para oferecer as melhores experiências possíveis.

Já parou para pensar quanto o seu negócio pode estar perdendo em tempo, dinheiro e recursos por não contar com o software ideal para transformar sua gestão?

Conheça tudo o que um ERP para varejo pode fazer pelo seu negócio! Fale ainda hoje com um de nossos especialistas. 

Fique por dentro das últimas novidades sobre gestão empresarial! 

Assine a newsletter do blog Adaptive e receba conteúdos novos toda semana diretamente no seu e-mail!

Temos soluções para diferentes necessidades.

Saiba como tornar o seu negócio mais competitivo no mercado.

Muito Obrigado!

Muito Obrigado!