5 benefícios do TEF para a saúde financeira do seu posto

Publicado em:

5-benefícios-do-TEF-para-a-saude-financeira-do-seu-posto

De tempos em tempos, novos meios de pagamento vão surgindo para facilitar a vida de consumidores e empresas e acompanhar as inovações tecnológicas. Apesar disso, os cartões de crédito ainda são os queridinhos dos brasileiros, por isso utilizar um sistema TEF (Transferência Eletrônica de Fundos) é essencial para qualquer negócio que queira, além de se manter, continuar crescendo.

E essa necessidade tem fundamentos. Já são mais de 130 milhões de cartões de débito/crédito ativos no Brasil, segundo dados do Banco Central. O Bacen diz ainda que o aumento no número de transações com os cartões de um ano para o outro foi de 33% para vendas no crédito e 20%, no débito.

Esses números podem ficar ainda maiores com as novidades que surgem a cada dia. As carteiras digitais estão ganhando adeptos cada vez mais, e o Pix está batendo à porta. No entanto, os cartões ainda serão os principais meios de pagamento nos próximos anos.

Por isso é importante que gestores apostem em ferramentas como o TEF, que tragam uma melhor visão e facilitem a gestão das suas empresas.

TEF: o que é e como funciona?

Estabelecimentos que contam com vários PDVs (pontos de venda) e um volume intenso de transações, como é o caso dos postos de combustíveis, podem ter sua vida facilitada com o uso de um TEF.

TEFs são sistemas que realizam transações financeiras a partir da comunicação entre o sistema de vendas do cliente e as adquirentes, ou seja, as empresas responsáveis pelas transações com cartões de crédito/débito. 

Para utilizá-lo, o lojista precisa instalar um software em seu estabelecimento e conectá-lo a maquininhas de cartões especiais, como os PinPads. Cada vez que se efetua uma compra, a maquininha recebe essa informação e imediatamente transmite para o software de vendas.

É muito comum as pessoas confundirem TEF com POS, mas há claras diferenças. O POS (point of sale) são as maquininhas “avulsas”, geralmente utilizadas por micro e pequenos empreendedores. Elas não enviam informações para nenhum sistema, e o usuário precisa fazer a conciliação manualmente. Além disso, o POS funciona apenas com uma operadora (SciELO, Rede, Stone etc.)

Já os TEFs não são outro tipo de maquininhas de cartão. Na prática, compõem toda uma rede que integra as máquinas de cartões com o ERP do estabelecimento. Sem contar que, ao contrário dos POS, podem integrar várias adquirentes e bandeiras.

A instalação de um TEF não é tão simples assim. Para ter um em seu negócio, você precisa de uma TEF House, uma integradora ou Soft House e adquirentes. Além disso, é importante escolher o tipo de TEF ideal para sua realidade. As possibilidades são TEF discado, TEF IP ou TEF dedicado.

Por que é importante usar o TEF?

Como já dissemos, são ideais para estabelecimentos que têm grande fluxo de vendas, portanto você já deve ter percebido a importância de usar um TEF no seu posto de combustíveis ou mesmo na sua loja de conveniência. 

No dia a dia, o TEF auxilia em uma série de aspectos que otimizam a rentabilidade do negócio e a gestão comercial, financeira e até mesmo de pessoas.

Com um TEF, o gestor pode monitorar se os valores aplicados nas maquininhas de cartão são os mesmos registrados nos cupons fiscais, pois tudo é integrado. Isso inibe falhas e ações de má-fé.

E por falar em monitoramento, não somente o trabalho dos colaboradores pode ser auditado; os das operadoras também. A TEF compila todas as vendas em relatórios gerenciais com a indicação de valores e taxas aplicadas. Após leitura e interpretação desses documentos, o gestor consegue perceber se algo está errado e acionar as operadoras de cartão, quando for necessário.

Sem contar com a mitigação de fraudes. Um golpe comum é a troca de POS por fraudadores. Isso é praticamente impossível na TEF, já que máquina de cartão e sistema são uma coisa só.

Segurança no sistema, agilidade no trato das informações, praticidade nos PDVs são algumas das vantagens que um TEF em si já traz. Agora, imagine se ele for parte de um ERP mais completo, como o Petros.

5 motivos para utilizar o TEF-SVBr no seu posto

Podemos dizer que o TEF-SBVr é um sistema TEF com mais funcionalidades, logo, mais benefícios que um sistema TEF normal, como estes que mencionamos anteriormente.

De forma resumida, o TEF facilita a rotina de vendas por trazer vantagens tanto para os funcionários do seu posto ou loja de conveniência quanto para os clientes, bem como torna a gestão do negócio mais prática e segura. 

Ao utilizar o TEF SVBr, que já é integrado ao sistema Petros, você vai além do usual e consegue enxergar outros benefícios. 

Integração ao ERP

Pense bem: de que adianta ter um sistema de gestão, um ERP, e utilizar um TEF, mas não poder integrá-los? Nesse cenário, em vez de ter sucesso, você só terá mais trabalho.

O TEF-SVBr é totalmente integrado ao Petros, portanto todas as vendas realizadas já são tratadas e arquivadas no sistema, o que facilita bastante o trabalho de quem precisará compilar essas informações adiante e pensar em estratégias de melhoria ou correção.

Conciliação automática das vendas

A conciliação de vendas com cartões de crédito é uma importante etapa nos processos financeiros do seu negócio. Graças a ela, é possível identificar e antever possíveis problemas que podem comprometer a sua saúde financeira do seu negócio.

Uma conciliação realizada de forma primorosa evita fraudes, permite um melhor gerenciamento dos temíveis chargebacks (contestações pelos clientes),  otimiza a gestão dos recebimentos, aprimora o monitoramento das taxas praticadas pelos bancos e operadoras e ainda impede cobranças que não deveriam ser feitas.

Mais poder sobre as informações

Como tudo está dentro do mesmo ambiente, fica bem mais fácil consolidar e tratar as informações. E com o TEF-SVBr, isso tende a ficar ainda melhor. 

O sistema envia as informações financeiras diretamente para o gestor, o que torna possível o monitoramento das informações de venda a qualquer momento, de qualquer lugar. 

Abrangência

Este módulo aceita todas as bandeiras de cartão de crédito/ débito existentes no mercado. Portanto, o cliente não corre o risco de levar um susto na hora de pegar e ter de desistir do serviço ou produto porque o estabelecimento não aceita seu cartão.

Comodidade para o cliente

O TEF-SVBr conta com uma versão wi-fi, no qual o cliente pode realizar o pagamento sem necessariamente precisar sair do carro. 

O TEF-SVBr, assim como o Petros, foi criado para trazer a melhor experiência em gestão para os responsáveis pelo sucesso de postos de combustíveis e lojas de conveniência. 

Se você anseia por esse sucesso, conheça mais a fundo nosso produto e entenda todo o poder que ele proporciona ao seu negócio.

GOSTOU? Deixe seu e-mail e receba conteúdos como este!

O que achou? Deixe um comentário