Computação em nuvem: 3 vantagens da solução

Publicado em:

Computação em nuvem: 3 vantagens da solução

Você já deve ter ouvido falar na computação em nuvem, mas sabe realmente o que significa?

Apresentaremos abaixo as principais vantagens que fazem essa solução se destacar.

A computação em nuvem consiste no uso de armazenamento, aplicações e serviços de servidores e redes de computadores interligados por meio da internet. Ao invés de armazenar e processar os dados em apenas um local, a nuvem utiliza diferentes servidores espalhados no planeta. No caso de um falhar, outras cópias estarão disponíveis para acesso imediato.

Existe um verdadeiro oceano de soluções que utilizam os sistemas em nuvem. O cloud computing surgiu no final dos anos 90, e desde então conquistou cada vez mais espaço. É utilizado atualmente por grandes empresas de tecnologia, como Google, Apple, Amazon, Microsoft, IBM, HP, Oracle e SAP.

Para quem não conhece bem, apresentamos as vantagens da computação em nuvem:

 

Acesso fácil

Se estiver viajando, ou com o computador quebrado, não tem problema. Você pode acessar o sistema de onde estiver, a partir de um aparelho móvel ou computador conectado à internet.

 

Segurança dos dados

A solução local exige monitoramento e gerenciamento da infraestrutura, preferencialmente armazenada em local físico protegido, climatizado e com câmeras. Um incêndio ou roubo pode colocar em risco todos os dados da empresa, pois os backups, via de regra, estão em mídias físicas.

Já nos sistemas em nuvem, essas preocupações não existem, pois os dados estão disponíveis na internet, acessíveis de qualquer lugar, e sustentados por servidores seguros.

A infraestrutura da computação em nuvem permite o registro do histórico de backups, bem como a recuperação sem perda de dados após qualquer incidente. Os servidores estão conectados a redes de energia alimentadas continuamente por mais de uma fonte, bancos de baterias e geradores diesel/elétricos com capacidade de funcionamento por vários dias sem reabastecer.

Além disso, na computação em nuvem, as atualizações são realizadas automaticamente. Nos sistemas locais, muitas vezes dependem do usuário, por isso podem gerar mais erros e ser mais lentas.

 

Baixo investimento

No caso dos sistemas em nuvem, não é necessário investir em infraestrutura de servidores, segurança, backup e gerenciamento. Já o sistema local exige investimento em servidores redundantes, com firewall, nobreak, link de internet de qualidade, storage para backup, etc.

A escolha pelas soluções em nuvem também diminui a necessidade de diversas equipes especialistas. Para solucionar questões relacionadas a armazenamento e processamento de dados, o  fornecedor da solução em nuvem será o único responsável.

***

Se você já teve uma conta de e-mail, conhece na prática os benefícios que comentamos. Sabe como é bom poder consultá-la de qualquer lugar onde estiver, bastando inserir os dados de acesso. Isso só é possível pois os servidores de e-mail utilizam o armazenamento em nuvem.

A computação em nuvem cresce tanto porque é uma solução coerente com os tempos atuais. Uma realidade em que empresários tentam ao máximo cortar gastos, e precisam de mais segurança, flexibilidade e agilidade na tomada de decisões.

E você, acha que a computação em nuvem veio para substituir os sistemas locais?

Compartilhe sua opinião nas redes sociais!

GOSTOU? Deixe seu e-mail e receba conteúdos como este!

O que achou? Deixe um comentário