fbpx

Entenda a diferença entre os tipos de bico de abastecimento

Publicado em:

Quais são os tipos de bico de abastecimento disponíveis hoje no mercado e que diferença isso faz para você? Há vantagens, funcionalidades exclusivas e indicações de uso na aplicação dos principais tipos de bico de abastecimento que existem. Por isso, conhecê-los um pouco melhor pode ajudá-lo a otimizar as suas operações, poupar recursos e até mesmo evitar sérios problemas.

Neste artigo, endereçaremos os bicos 11A, 11AP, 11B, 7H, 7HL, 7HB e 12VW e mostraremos para nossos leitores quando cada um deles é mais adequado. Curioso? Comece já a leitura!

 

Bico 11A e 11AP

No mercado brasileiro temos hoje uma restrição: os postos podem usar apenas bicos de combustível automáticos. Por causa disso, podemos trabalhar com dois bicos possíveis: o que possui uma válvula de segurança padrão e aquele que, além dessa, conta com uma válvula de segurança extra.

Entre os modelos que mencionaremos aqui, apenas os que possuem a letra B contam com essa segurança adicional. Portanto, caso seja o tipo de modelo que você procura, poderá filtrar entre os tópicos e encontrá-los com facilidade.

O modelo 11A não é um destes e é bastante parecido com o 11AP, que citaremos mais adiante. Ambos têm modelo e design similar e são bicos automáticos, ou seja, adequados às normas de uso vigentes. Entretanto, nenhum dos dois possui a válvula de segurança extra que mencionamos ao diferenciá-los dos modelos B.

11A e 11AP são distintos por causa de suas respectivas bitolas. Ou seja, têm dimensões diferentes e, portanto, vazões distintas. Ao escolher entre cada um deles fique atento a essa informação.

Os bicos 11A podem ser utilizados com todos os tipos de combustíveis como diesel, etanol, gasolina e as misturas de até 10%. Eles têm como grande diferencial um fechamento específico que evita a perda e o derramamento de combustíveis nos postos de autoatendimento. Por contarem com o sistema FlowLock, também se desarmam caso o uso seja incorreto, o que proporciona mais segurança na operação do bico.

 

Bico 11B

O bico 11B é outro grande destaque do mercado, que pode ser utilizado em postos de combustíveis tradicionais, que funcionam como varejo, ou de autoatendimento. Sua principal característica é também a trava que evita o derramamento de combustível e o sistema FlowLock, que impede o manuseio inadequado do equipamento.

Bicos 11B são automáticos e possuem fechamento automático em dois estágios. Eles vêm com capas protetoras de grande durabilidade e podem ser utilizados por mais de um milhão de ciclos, o que faz com que ofereçam um ROI maior para quem os adquire. Funcionam em três velocidades diferentes de abastecimento, que ajudam o operador a abastecer com uma previsão muito maior do que outros bicos de combustível disponíveis no mercado.

Ponteiras de substituição também estão disponíveis para garantir que o equipamento estará operando bem 100% das vezes. E, como mencionado anteriormente, por serem da linha indicada com a letra B, têm uma válvula de segurança extra quando comparados com outros bicos automáticos disponíveis no mercado.

 

Bico 7H e 7HL

Os bicos de combustível 7H e 7HL são um caso à parte. Eles têm uma polegada, ou seja, uma vazão muito maior do que a dos demais equipamentos disponíveis hoje no mercado. Por causa disso, bicos 7H e bicos 7HL são muito mais rápidos no abastecimento do que os demais.

Além disso, devemos frisar alguns dos diferenciais do modelo 7H, que conta com um sistema de desarme para quando ele é ativado em velocidade inferior a 19 litros por minuto. Sua guarda de proteção ainda possui um bloqueio físico para situações indesejadas, como as que mantêm o bico preso em posição aberta. Isso ajuda a evitar ainda mais o derrame de combustíveis na pista e reforça a segurança para o utilizador.

As três velocidades de vazão são outra particularidade do bico de combustíveis 7H. Elas podem ser controladas com uma só mão e ajustadas com mais facilidade do que todas as outras disponíveis no mercado, o que faz com que esse bico seja uma ótima escolha.

Também estão disponíveis ponteiras para reposição e originais com ou sem anel de ancoragem. Essa peça funciona dando ao operador maior segurança e estabilidade no encaixe com o bocal do tanque recipiente e pode simplificar muito o trabalho dos seus colaboradores.

 

Bico 7HB

Os bicos 7HB contam com todos os recursos anunciados anteriormente e ainda aquela válvula de segurança extra que mencionamos logo no início deste texto. Portanto, são uma ótima opção para quem precisa de um bico automático de alta vazão e deseja contar com esse recurso adicional.

 

Bico 12VW

Por último, damos destaque a esse bico que entrará no mercado em 2019. O 12VW tem duas vias: uma que funciona exclusivamente para a saída de combustíveis e a outra que captura vapores ao longo do abastecimento. Isso faz com que o modelo seja ainda mais seguro que os demais, pois ele conta com uma característica adicional que torna o abastecimento menos arriscado.

Os bicos 12VW têm outra especificidade que você vai adorar: eles têm a mesma válvula de segurança extra adicionada aos bicos automáticos do tipo B. Por isso dizemos que são os mais completos do mercado atualmente.

A entrada dos bicos com recuperação de vapor é uma tendência pois se importam com a segurança dos frentistas. Hoje eles só podem abastecer a uma certa distância porque os vapores de benzeno prejudicam a saúde desses colaboradores. Com a entrada de bicos como o 12VW, isso muda e no ano de 2019 as bombas já passarão a ser vendidas com esses bicos com tecnologia de recuperação de vapor.

Atualmente é uma boa ideia adquirir pelo menos um modelo da linha B, que oferece uma segurança maior para os usuários. Enquanto os bicos do tipo A, ao serem guardados, podem ser esquecidos engatilhados e jorrarem, os bicos B não oferecem esse risco.

Fique atento a essas diferenças na hora de escolher o bico de abastecimento mais adequado e comece a pensar na aquisição dos bicos 12VW. Eles são a melhor alternativa.

 

Fonte: OPW Brasil

GOSTOU? Deixe seu e-mail e receba conteúdos como este!

O que achou? Deixe um comentário