Mix de produtos na loja de conveniência: como escolher os itens ideais?

Publicado em:

Mix de produtos na loja de conveniência: como escolher os itens ideais?

Saber escolher o mix de produtos da sua loja de conveniência é fundamental para o sucesso do seu negócio.

Você já deve ter se deparado com a seguinte situação: o cliente entra na loja, procura um produto e vai embora de mãos vazias. E advinha para onde ele vai? Para a loja concorrente. Se isso acontece na sua loja com frequência, é hora de prestar atenção no mix de produtos ofertados e fazer as alterações necessárias para garantir mais vendas. 

Para que você possa definir seu mix de produtos, é preciso fazer a lição de casa: conhecer seu cliente, seus concorrentes e analisar o histórico de vendas de sua loja. 

Mas não adianta encher a loja de produtos, porque loja cheia não significa lucro, e sim estoque alto, o que nem sempre converte em vendas. 

Como o mix de produtos pode impactar as vendas da sua loja de conveniência?

Escolher corretamente o mix de produtos pode influenciar positivamente na rentabilidade e nas suas vendas, além é claro, de fidelizar o cliente. 

Os principais produtos da loja devem gerar tráfego e os demais renda. Muitos consumidores compram por impulso, por isso, o empresário deve compor corretamente o seu mix de produtos a fim de atender as necessidades dos clientes.

Ter um mix diversificado não é apenas um atrativo para os clientes, mas é fundamental para compensar perdas de rentabilidade. As mercadorias com maior giro muitas vezes são ofertadas com descontos, mesmo com menor margem de lucro, mas é possível contrabalancear os ganhos com outros itens. Assim, a empresa conquista o consumidor e eleva o valor do ticket médio.

Dicas para definir o mix de produtos

Para definir o mix de produto conheça seu cliente, faça pesquisas para saber quais são os itens mais procurados e consulte o histórico de produtos mais vendidos. 

Outra dica importante é investir em produtos sazonais, como café, chá, sopas e doces, que são mais consumidos no inverno, e sorvetes, cervejas, água e refrigerantes, opções que vendem mais no verão. Atente-se também às datas comemorativas, como Páscoa, Natal e Dia das Mães, entre outras.  

Além disso, pode-se investir em variedades em produtos complementares: quem compra uma escova de dentes pode precisar de creme e fio dental, por exemplo. Quem compra pão, pode querer levar os frios, o café etc. Produtos complementares ajudam a aumentar o ticket médio. 

Um software de gestão pode ajudar você a gerir seu negócio e conhecer melhor quais os produtos que não podem faltar na prateleira. 

Quais os produtos mais vendidos?

Certamente você tem uma lista dos produtos mais vendidos na sua loja, mas existem alguns itens básicos que não podem faltar nas lojas de conveniência, são eles: 

Bebidas

O principal item que é indispensável nas lojas de conveniência são as bebidas. Tanto as bebidas quentes (vodca, uísque, vinho) como geladas (cervejas variadas, refrigerantes, água e sucos).  

Doces

Itens como chocolates, chicletes, balas e demais guloseimas são itens importantes e que não podem faltar. Procure deixar esses produtos próximos ao caixa para ajudar a elevar o ticket médio e as vendas da sua loja de conveniência. 

Salgados

Como as lojas de conveniência funcionam 24 horas, é muito comum as pessoas saírem de festas ou baladas com fome e procurarem itens de alimentação. Procure deixar alguns alimentos congelados e refeições rápidas no mix de produtos. 

Carvão e gelo

Esses dois são muito buscados aos finais de semana e nos horários em que os mercados estão fechados. Quem nunca ficou sem gelo ou carvão bem na hora do churrasco com os amigos? Então sempre mantenha esses itens disponíveis.

Produtos de higiene

Você já comprou algum desses produtos em lojas de conveniência e quando chegou ao seu destino de viagem, descobriu que esqueceu a escova de dentes? Procure manter itens como xampus, desodorantes, sabonetes, escovas e cremes dentais, absorventes e preservativos sempre disponíveis. 

Observe o perfil dos clientes

Conhecer bem o cliente é o caminho do sucesso para vender mais. O perfil do cliente influencia diretamente o seu mix de produtos, saber qual sua idade, seu poder aquisitivo e modo de vida vai ajudar você a escolher corretamente os itens que você deve vender. 

Se sua loja é próxima a uma faculdade ou academia, por exemplo, provavelmente seus clientes são jovens adultos. Então, você pode ofertar bebidas e energéticos, além de lanches rápidos que são uma ótima pedida para quem tem pouco tempo para se alimentar.

Como compor seu mix de produtos?

Para uma escolha assertiva do seu mix de produtos, procure avaliar o histórico de vendas, mas não apenas em números absolutos. É preciso entender o contexto e tirar conclusões baseadas no cruzamento de informações, como por exemplo, a sazonalidade. Assim é possível melhorar o desempenho de cada produto. 

O histórico de vendas ajuda a entender quais marcas você deve comercializar, o ticket médio, o ciclo de vendas dos produtos e a média de unidades vendidas por mês. 

Analisando essas informações é possível verificar tendências de consumo e montar um plano de compras ao longo do ano para evitar que falte produtos importantes ou fique com estoque alto de itens com pouco giro.  

Aprenda com os seus concorrentes

Para ajudar você a tomar a decisão de como compor o seu mix, monitore a concorrência. Verifique qual o público atendido, os produtos mais procurados, o comportamento de compra, o preço praticado, etc. Com essas informações você pode identificar grupos de clientes e se diferenciar da concorrência. 

Conheça seu cliente e monte um mix de produtos atrativos

O mix de produtos de uma loja de conveniência precisa ser atrativo e tem como característica principal o caráter emergencial da compra. Os clientes estão dispostos a pagar um pouco mais caro, e essa característica pode ser justificada pelo horário amplo de atendimento. Você deve fidelizar clientes por conta da diversidade e qualidade dos produtos que oferece.

A seleção do mix é essencial para o sucesso do negócio. Ao definir o mix principal de produtos, é importante trabalhar com itens complementares, garantindo mais opções para os consumidores. 

Outra estratégia interessante é colocar produtos que vendem menos com os que vendem mais para aumentar o giro desses itens. Mas, lembre-se o foco deve ser sempre no perfil do cliente.

Gostou do artigo? Aproveite e leia agora nosso próximo conteúdo sobre 4 maneiras de atrair mais clientes em sua loja de conveniência

GOSTOU? Deixe seu e-mail e receba conteúdos como este!

O que achou? Deixe um comentário

Saiba quais foram nossas medidas e ações para proteger e garantir o bem-estar de nossos colaboradores e parceiros durante a pandemia. Leia as atualizações mais recentes.