fbpx

A gestão na era da Indústria 4.0: o que muda?

Pensar gestão na indústria 4.0 é de imediato lembrar da influência tecnológica no trabalho e na relação dos profissionais. Mas, o que precisa ser feito para seguir essa tendência?

Usar o touch screen para acionar máquinas que embalam diferentes produtos, é esta a realidade em muitas fábricas atualmente. O operador não precisa mais mover uma alavanca ou tocar diversos botões para disparar a produção de biscoitos, por exemplo.

Esse é um exemplo prático que mostra os impactos da Indústria 4.0 (ou Quarta Revolução Industrial) em muitos parques industriais. A expressão engloba tudo que há de mais moderno em questões de tecnologias para automação e troca de dados.

Mas como encarar a gestão nesse ambiente de manufatura automatizada? E como as relações de trabalho se transformam num cenário assim? Continue lendo e descubra conosco!

 

O que muda na gestão da indústria 4.0?

O termo “análise” é o que orienta esse novo formato de gerenciamento. Agora, os gestores, antes de tomarem alguma iniciativa, precisam levantar dados e estudá-los, para chegar a uma conclusão.

Além disso, esse inovador modelo de gestão não permite mais o papel do chefe absoluto, aquele que toma decisões sem observar o desempenho do maquinário ou que não busca aplicar novidades tecnológicas no processo, por exemplo.

Ao contrário, a indústria 4.0 pede profissionais qualificados, atentos às novidades e que adequem suas habilidades à automação.

Todas essas mudanças têm como consequência:

  • A diminuição do lento trabalho manual;
  • Melhoramento da qualidade dos produtos;
  • Otimização da produção;
  • Eliminação desperdícios;
  • Agilidade para as decisões.

 

Como acompanhar as mudanças da indústria 4.0?

Depois de concentrar esforços para estudar e adquirir a tecnologia; treinar os profissionais para lidarem com essas inovações técnicas e tecnológicas é o caminho. Vale dizer que muitas funções sucumbirão às novidades, o que não significa dizer maior número de demissões.

A gestão na indústria 4.0 deve priorizar o melhor aproveitamento do time, por isto a capacitação é orientação recorrente dos especialistas em recursos humanos.

Além disso, é muito importante também estar atento às novidades e ter a cabeça aberta para experimentar as que você e o seu time de gestão considerarem cabíveis à sua indústria. Você pode acompanhar blogs sobre tecnologia, como por exemplo o do Sebrae.

Unindo esses quesitos, se alcança o objetivo de todo planejamento empresarial: a satisfação do consumidor.

 

O papel dos sistemas de gestão na indústria 4.0

É certo que nesses espaços fabris contemporâneos, os trabalhadores estão em meio a vários recursos tecnológicos, responsáveis pela geração dos dados, que posteriormente serão analisados pelo gestor.

E a ferramenta mais adequada para isso é o software de gestão, sistema que capta e processa as informações que circulam em todos os setores de uma fábrica.

O dia a dia na linha de produção é intenso, são muitas atividades, do estoque ao setor comercial, e tudo precisa estar alinhado para não haver problemas que afetem a fábrica. Na indústria 4.0, esse objetivo se soma ainda à necessidade de ser ágil sem comprometer a produtividade. Isso torna ainda mais importante a implantação de um sistema de gestão, indispensável para análise do gestor.

Note que não basta investir em inteligência artificial e outros recursos de automação. Nesse formato de gerenciamento, lidar bem com a informação é o diferencial. Somente assim se chegará ao padrão de qualidade assertivo.

Além disso, um software trata-se de um investimento, que, entre outras coisas, é fundamental para se conseguir, atualmente, um certificado de qualidade (ISO 9001), por exemplo.

Para ilustrar o incremento oferecido por um sistema de gestão industrial, veja esse esquema:

  1. Uma venda é fechada pelo setor comercial;
  2. O pedido é lançado no programa, e a operação recebe o aval manufatura da mercadoria;
  3. Simultaneamente o estoque vê em tela que deve liberar matéria-prima para produção;
  4. Quando o produto fica pronto, a informação estará disponível a todos que participam do processo;
  5. O faturamento já recebe o aval para emissão dos documentos fiscais e de cobrança;
  6. A expedição confere o produto, baixa a documentação e já pode autorizar o transporte.

 

O mais importante é que todas essas etapas ocorrerão em poucos minutos. E todo esse ciclo será é monitorado pelo gestor, que, se observar algo errado, poderá tomar providências.

 

Atualmente um dos softwares de gestão que atende todo esse ritmo da indústria 4.0 é o RZ Business. Plataforma dinâmica que consegue proporcionar um aumento de produtividade significativo, pois disponibiliza recursos para fazer desde o controle da entrada de insumos até a conciliação financeira da fábrica (tudo de maneira remota). Além, claro, de oferecer suporte e treinamento para quem vai operar o sistema. Peça já a sua demonstração gratuita e aproveite todas as funcionalidades do seu próximo software de gestão!

 

Leia também: Como transformar sua indústria com a gestão estratégica de dados.

 

 

Fique por dentro das últimas novidades sobre gestão empresarial! 

Assine a newsletter do blog Adaptive e receba conteúdos novos toda semana diretamente no seu e-mail!

Temos soluções para diferentes necessidades.

Saiba como tornar o seu negócio mais competitivo no mercado.

Muito Obrigado!

Muito Obrigado!