fbpx

Carros elétricos são uma ameaça aos Postos de Combustível?

Publicado em:
Carros elétricos são uma ameaça aos Postos de Combustível?
Os carros elétricos são uma realidade e estão se difundindo cada vez mais.

Ao contrário do que muitos pensam, os carros elétricos surgiram há mais de 100 anos. Porém, naquela época as questões ecológicas não eram tão bem trabalhadas e, o custo benefício de automóveis movidos à gasolina fez com que estes se tornassem muito mais populares.

Acontece que, com os diálogos sobre responsabilidade social e desenvolvimento sustentável, o tema começou a ganhar notoriedade. Com as novas tecnologias, em um futuro próximo os carros elétricos também se tornarão populares.

Este fato vem tirando o sono de muitos gestores de postos de combustível, pois consideram os carros elétricos, uma forte ameaça. Mas será que isso é verdade? Confira abaixo!

Como funcionam os carros elétricos?

Os carros elétricos funcionam por meio de energia elétrica armazenada em uma bateria especial, desenvolvida para propulsionar o motor elétrico que faz o carro andar. Eles precisam ser recarregados, de forma similar a outros aparelhos que funcionam com baterias.

Entretanto, recarregar um carro elétrico requer um terminal feito especificamente para este fim. Tecnicamente, você pode recarregar um carro elétrico a partir de uma tomada doméstica de até 220v, mas isso levará muitas horas e pode ser inviável.

Uma vez carregado, o carro elétrico terá autonomia suficiente para rodar certa quilometragem antes de precisar ser recarregado novamente. A energia da bateria é utilizada tanto para fazer o motor funcionar quanto para outras funções do carro, como faróis e ar condicionado. Dependendo do uso de funções adicionais, a autonomia da bateria pode diminuir.

Como se abastece um carro elétrico?

Preferencialmente, o carro elétrico é abastecido em pontos de abastecimento específicos para eles, que contam com tomadas de alta amperagem para uma recarga rápida. Ao conectar a bateria do carro a estes terminais, é possível atingir cerca de 80% da capacidade em 40 minutos.

Também é possível abastecer em casa ou em condomínios residenciais, por meio de uma unidade de carregamento que pode ser instalada no local. Em último caso, os carros elétricos podem ser recarregados em tomadas domésticas, com tensão entre 110v e 220v, mas este processo pode levar cerca de 20 horas para a completa capacidade de carga do veículo.

Onde ficam os pontos de abastecimento?

No Brasil, ainda há poucos pontos de abastecimento para carros elétricos. Entretanto, a tendência é de que este cenário comece a melhorar a partir de 2020. Os carros elétricos estão se popularizando e, inclusive, já estão surgindo modelos cada vez mais baratos.

Em pouco tempo, os terminais de carregamento de carros elétricos serão mais numerosos e colocados em pontos estratégicos das cidades por todo o Brasil. Nas cidades de São Paulo, Rio de Janeiro e Belo Horizonte, por exemplo, já existem postos de carregamento elétrico, e também postos de combustíveis que oferecem o serviço.

Qual a autonomia de um carro elétrico?

Os carros elétricos que estão sendo vendidos em 2020 já possuem, em média, uma autonomia de 400 km com uma carga completa. É um bom número, visto que 400 km é o equivalente a uma viagem de longa distância, como entre Curitiba e São Paulo, por exemplo.

Isso significa que, com uma única carga é possível rodar por até 10 dias, se a quilometragem não ultrapassar os 40 km por dia. Contudo, vale lembrar que a autonomia do carro pode sofrer variações de acordo com o uso de outras funções, como ar condicionado, rádio, faróis e limpadores de para-brisa.

Qual o custo para manter um carro elétrico?

Manter um carro elétrico pode ser bem mais barato do que manter um carro movido a combustíveis. Isso se dá por um conjunto de fatores. Primeiramente, a autonomia do carro elétrico tende a ser maior do que a do carro convencional.

O carregamento é mais barato, já que a energia elétrica é mais barata do que os combustíveis normalmente utilizados, como gasolina e etanol. Além disso, os carros elétricos não liberam poluentes na atmosfera, o que significa que há menos impostos sobre eles.

E, no topo de tudo isso, há ainda a questão da manutenção das peças do carro. Como o carro elétrico não precisa de todo o sistema de combustão normalmente presente nos demais, ele possui menos peças. Isso também significa que você não precisará levar o carro à oficina tão frequentemente.

Quanto custa um carro elétrico?

Um carro elétrico pode custar mais caro do que um carro movido a combustíveis, mas, em breve, isso deve mudar. Cada vez mais, os fabricantes estão encontrando soluções e alternativas para deixar os carros elétricos mais baratos.

Em nossa breve pesquisa, encontramos modelos a partir de R$ 120 mil. O investimento inicial acaba sendo compensado pelo baixo custo de manutenção e abastecimento. Dessa forma, a aquisição é proveitosa para quem pretende aderir a este tipo de veículo.

Outra opção que acaba saindo mais em conta é o aluguel de carros elétricos. Obviamente, isso depende muito do uso e do período pelo qual o carro é locado.

O que meu posto de combustível pode fazer para se preparar?

Os carros elétricos são uma realidade e estão se difundindo cada vez mais. Logo, eles estarão competindo de igual para igual com os veículos à combustão. Porém, isso não significa que o seu posto de combustível perderá clientes, muito pelo contrário!

Como você viu ao longo do texto, já existem estabelecimentos que oferecem esta opção.  Ao se adequar ao novo cenário e instalar pontos de abastecimento para carros elétricos, além da demanda convencional, você atrairá novos clientes ao seu estabelecimento.

Se você quer se modernizar e sair na frente dos concorrentes, comece a pensar sobre isso desde já. Não vai demorar muito até que os carros elétricos comecem a aparecer em seu posto.

Para ficar sempre por dentro dos tópicos mais importantes para a gestão do seu posto de combustível e loja de conveniência, assine nossa newsletter!

GOSTOU? Deixe seu e-mail e receba conteúdos como este!

O que achou? Deixe um comentário