Como abrir uma loja de conveniência? 6 passos que você deve seguir

Publicado em:

Como abrir uma loja de conveniência? 6 passos que você deve seguir

Você já pensou em abrir uma loja de conveniência no seu posto? Ainda não? Você pode estar perdendo uma grande oportunidade de maximizar seus ganhos e expandir seu negócio.

Em 2015, uma pesquisa da CVA Solutions revelou que, entre os clientes que utilizam as lojas de conveniência, mais de 50% fazem a lavagem de carro no próprio posto de combustível. E, entre os consumidores que fazem uso do serviço de lubrificação dos veículos, cerca de 45% frequentam as lojas.

No Brasil, o mercado de lojas de conveniência completa mais de duas décadas e já cresce no ritmo de 20% ao ano, faturando R$ 3,3 bilhões por ano e gerando mais de 200 mil empregos diretos e indiretos. Cada loja de conveniência recebe, em média, 300 clientes por dia e tem faturamento médio de R$ 100 mil por mês.

Os números dizem tudo e, se você quiser saber como abrir uma loja de conveniência, é só continuar acompanhando este artigo.

 

Mantenha um ambiente seguro

As lojas de conveniência costumam atrair clientes em horários em que os supermercados e restaurantes já estão fechados. É muito comum que esses estabelecimentos tenham um funcionamento 24h. Se você já tem um posto, é muito importante garantir a segurança da loja de conveniência com boa iluminação, câmeras  e até mesmo vigilância profissional.

Se você ainda não escolheu o local para abrir seu posto e conveniência, busque uma vizinhança que não seja considerada como zona de risco para garantir a segurança patrimonial e física de funcionários e clientes.

 

Cuide das exigências legais

Ao abrir qualquer negócio, você deve seguir determinações de órgãos como a Prefeitura do município em que você atua e o Código de Defesa do Consumidor. Se você for servir refeições na sua loja, por exemplo, é preciso respeitar as exigências da Agência de Vigilância Sanitária (Anvisa). Para mais informações sobre as exigências legais de uma loja de conveniência, visite a página do Sebrae sobre esta ideia de negócio.

 

Automatize sua loja

Você deve utilizar a tecnologia para facilitar a sua vida e a de seus clientes. Uma boa opção é escolher um sistema de gestão que lhe permita ter um controle operacional e financeiro do negócio.

Uma das vantagens desta tecnologia é o acesso a um banco de dados sobre cada produto ou serviço da sua loja, o que facilita o processo de reposição de estoque. Além disso, você deve escolher um sistema integrado às máquinas de cartão de crédito e débito, flexibilizando as formas de pagamento aceitas pela sua empresa.

 

Ofereça um atendimento de excelência

O atendimento ao cliente é a base do seu sucesso em uma estratégia de fidelização de clientes. Sua equipe deve ser gentil e solícita para com as necessidades dos consumidores.

Uma boa ideia é criar programas de recompensa para os atendentes que se destacarem em suas funções. Desta forma, toda a equipe vai estar motivada a oferecer a melhor experiência para os seus clientes.

 

Avalie os custos

Os custos básicos de uma loja de conveniência dependem se ela está atrelada à uma franquia ou se ela é gerida pelo mesmo proprietário do posto.

Em geral, podemos dizer que eles envolvem aluguel, pagamento de concessão, compra de produtos de fornecedores, custos com folha de pagamento, água, luz, telefone, Internet, impostos e taxas. Portanto, antes de abrir uma loja, é preciso avaliar se você tem condições de mantê-la ou se é melhor optar pelo regime de franqueado.

 

Escolha franquia ou loja própria

Pensar em uma loja própria pode ser mais vantajoso pelo ponto de vista da independência e por não precisar dividir os lucros. No entanto, o trabalho e os riscos gerados pela inexperiência no mercado de lojas de conveniência serão maiores.

Se você ainda não conhece bem este nicho, você pode optar pela formação de uma parceria. É importante fazer uma análise do que cada empresa do ramo pode lhe oferecer e o que ela exige para participar do empreendimento. A principal vantagem de uma franquia  é poder contar com a experiência de quem entende do mercado de conveniência.

 

Agora, você sabe como abrir uma loja de conveniência?

Caso ainda tenha dúvidas, você pode procurar o Sindicato dos Postos da sua região para lhe prestar o apoio necessário ou deixar um comentário abaixo com sua questão.

 

GOSTOU? Deixe seu e-mail e receba conteúdos como este!

O que achou? Deixe um comentário