Como vender com Pix? 3 dicas para incentivar o uso e lucrar mais

pix-é-seguro

Você sabia que, atualmente, mais 128 milhões de pessoas e empresas já estão cadastradas para utilizar o Pix? Com tanta gente adepta a esta nova modalidade, vender com Pix se tornou praticamente uma obrigação das empresas de todos os portes e segmentos.

E não é por menos. Deste número, 119 milhões são usuários Pessoa Física, ou seja, mais de 90% dos cadastros são de pessoas que optaram por adotar o Pix para fazer transferências ou pagamentos.

Diante deste número, empresas de todo o país têm se mobilizado cada vez mais para trazer o Pix para dentro de sua rotina e oferecer mais essa modalidade aos seus clientes.

Dessa forma, elas atendem a uma demanda da sociedade ao mesmo tempo que se adéquam aos novos comportamentos do consumidor.

Mas, será que as empresas estão plenamente conscientes disso? A sua empresa já está vendendo com Pix?

Por que as empresas deveriam vender com Pix

O Pix é um meio instantâneo de pagamento que foi lançado pelo Banco Central no final de 2020 e, desde então, vem caindo no gosto popular. Muitos são os seus atributos que justificam essa forte adesão, mas o que mais se destaca é a praticidade e a segurança em suas transações.

Antes mesmo do seu lançamento, a consultoria Bain & Company realizou uma pesquisa sobre as intenções de uso do Pix. Àquela época, 70% das pessoas já diziam estar interessadas em utilizar o Pix para trazer transferências e pagar boletos. As compras na internet estavam no radar de 49% dos respondentes; enquanto 43% já pensavam em utilizar a nova modalidade em estabelecimentos, em compras presenciais.

No entanto, na prática, vender com Pix não se tornou uma prioridade das empresas logo nos primeiros meses.

Dados do BC mostram que em novembro de 2020, primeiro mês de operação, as transações que envolviam a participação de empresas representavam somente 13%. Neste cenário, 5% diziam respeito a transações P2B, ou seja, de pessoa física para empresas; e 6%, no contrário, de empresas para pessoa física, e apenas 2% eram de transações entre empresas.

Em março de 2022, o cenário muda um pouco, positivamente. Neste período mais recente, agora as empresas aparecem em 28% das transações. O maior salto pode ser percebido nas transações P2B, na qual incluem compras e pagamentos de boletos para empresas. O último dado chega a 18%, mais que o triplo do observado no início da operação.

Curiosamente, as transações entre pessoas se mantiveram em um patamar estável no último ano, enquanto os Pix em que as empresas são participantes só aumentam, mês após mês.

Como incentivar os clientes a pagarem com Pix

Os números apresentados anteriormente são um retrato da preferência que as pessoas passaram a dar ao Pix no seu dia a dia. Se antes ele era requisitado essencialmente para fazer uma transferência para outra pessoa, hoje tem se tornado uma opção de pagamento cada vez mais recorrente.

Para os clientes, isso é muito bom, pois a transação pode ser feita diretamente do celular, eliminando a necessidade de utilizar cartões de crédito ou dinheiro em espécie. Ou seja, mais prático e seguro.

Com isso, os negócios precisam se mobilizar para vender com Pix e promover uma maior capilarização deste meio de pagamento na economia, pois traz benefícios interessantes para ambas as partes.

Mas, como fazer isso?

A seguir, apontamos algumas dicas que você pode usar em seu negócio, seja um posto de combustível, supermercado ou food service, para incentivar o uso do Pix por parte dos clientes.

1. Crie campanhas de incentivo

Muita gente ainda não usa o Pix por desconhecer a modalidade de pagamento ou por ter medo de compartilhar seus dados pessoais.

Por isso, as empresas podem atuar como fomentadores de conscientização, cumprindo a missão de levar informação a essa parcela da população e incentivar o cadastro das chaves.

Então, no interior da loja podem ser expostos banners ou folders com curiosidade sobre o Pix, informações sobre como utilizar e, claro, o passo a passo simples e descomplicado para fazer o cadastro da chave.

2. Utilize as redes sociais para promover o Pix

Empresas que lidam diariamente com o consumidor pessoa física têm uma excelente oportunidade para crescer por se comunicar diretamente com esse público, de diversas formas.

Nesse contexto, as redes sociais são excelentes ferramentas para promover a empresa e o que ela achar interessante para seus clientes. No Brasil, segundo a pesquisa Digital 2022: Brasil, há mais de 175 milhões de usuários de redes sociais. Ou seja, 70,2% da população brasileira usuária da internet usam redes como Facebook, Instagram, Twitter, entre outras.

Assim, considere o perfil dos seus seguidores e crie publicações que reforcem os benefícios de utilizar o Pix no dia a dia a fim de aguçar a curiosidade das pessoas. Ao mostrar que você entrou nessa onda de vender com Pix, vai se tornar mais atrativo para os clientes e competitivo no mercado.

3. Ofereça descontos para compras por Pix

Outra estratégia bastante convidativa é oferecer descontos para quem efetuar compras por meio do Pix.

Por exemplo, o cliente pode obter descontos progressivos na compra de determinado produto ou serviço caso opte por pagar por Pix. No caso de supermercados, a cada x reais em compras, tem um abatimento de y%.

Para postos de gasolina, o valor por litro pode ser diferenciado, gerando interesse por parte dos clientes em abastecerem pagando por este novo meio de pagamento.

Como o Pix ajuda a aumentar o faturamento das empresas

O Pix é um meio de pagamento bastante benéfico para clientes, mas, para as empresas, o que ele pode oferecer de bom?

Respondemos com convicção de que há muitas vantagens em utilizar este meio, mas, o principal, é o incremento no faturamento da empresa.

Explicamos nos tópicos a seguir como este incremento pode vir.

1. Tarifas mais brandas que as de operadoras de cartão

Um dos principais benefícios do Pix para as empresas – e bastante divulgado pelo Banco Central do Brasil – é o fato de as taxas cobradas pelas transações por Pessoa Jurídica serem mais atrativas que aquelas aplicadas por operadoras e adquirentes de cartão.

Para pagamentos a débito, a taxa cobrada pelas operadoras é, em média, de 2% por valor e compra; já para crédito, este valor pode girar em torno de 4%. Com o Pix, os valores são bem mais brandos, podendo flutuar conforme o valor da compra.

No geral, as instituições financeiras têm cobrado taxa de 0,69% a 1,45% para recebimentos de valores seja via chave, seja via QR Code. Ou seja, recebimentos pelas compras dos clientes. Apesar deste percentual, o valor mínimo é de R$ 0,50 e o máximo pode chegar a R$ 50 (no entanto, para QR Code, o teto é de R$ 140).

Por exemplo, se um cliente faz uma compra de R$ 100 no débito, o negócio receberia R$ 98. Já por Pix, R$ 99,31. A diferença pode ser pequena, mas, compra após compra, dia após dia, os montantes podem atingir altíssimos números.

É justamente esta pequena diferença que vai contribuir para o aumento no faturamento do seu negócio ao final do mês.

2. Redução de taxas administrativas

Outro ponto a se observar diz respeito à economia de dinheiro por conta da redução de elementos administrativos que geram custo para empresa.

Entram nesse grupo as taxas cobradas para o aluguel de máquinas de cartão. Ao substituir, em determinados PDVs as máquinas tradicionais por chaves Pix, você já tem uma redução nesse custo.

Ao usar o Pix internamente, seu time administrativo-financeiro também pode reduzir a quantidade de emissão de boletos, bem como de realização de TEDs e DOCs, que são modelos de transferências que exigem pagamento de tarifas.

Com a eliminação desses fatores, os custos administrativos ficam menores, logo as suas despesas tendem a diminuir.

3. Maior atração de clientes

Claro que não poderíamos deixar de falar na possibilidade de atrair mais clientes para o seu negócio. Consequentemente, mais vendas, logo um faturamento maior.

No dia a dia, os adeptos ao Pix têm procurado consumir em locais que aceitem esse meio de pagamento dada a sua praticidade. Em muitos casos, as pessoas estão fora de casa sem cartão, mas precisam fazer alguma compra. Como o celular está sempre presente, realizar essa compra agora se torna uma tarefa possível.

Por isso, vender com Pix é uma excelente oportunidade para atrair mais clientes, sejam aqueles que já adotaram esse meio como forma de pagamento padrão, sejam aqueles que se encontram desavisados e precisam realizar uma compra urgentemente, mas só está em posse do celular.

4. Menos montante de dinheiro físico na empresa

O dinheiro físico ainda está bastante presente nas transações comerciais no país. No entanto esta prática tende a diminuir, pois, segundo uma pesquisa da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil), 70% dos entrevistados sobre o tema assumiram já utilizar o Pix para operações pessoais.

Logo, a circulação de dinheiro físico nos caixas dos pontos de vendas de supermercados, postos, restaurantes, padarias, etc. tende a diminuir com o passar do tempo.

No que isso impacta no dia a dia da sua empresa? Com menos dinheiro em caixa, menos valores tendem a ser levados para o banco via transportadora de valores. Isso acarreta um custo menor com esse serviço, que envolve também o condicionamento adequado do dinheiro e segurança.

5. Dinheiro em tempo real na conta

Com o Pix, as transações, seja de qual natureza for, são finalizadas em questão de segundos. Ou seja, ao vender com Pix, quando um cliente finaliza a operação no seu smartphone, o dinheiro é creditado imediatamente na conta da sua empresa. Não há intermediários.

Com dinheiro na conta em tempo real, fica mais fácil realizar um controle de fluxo de caixa mais assertivo. Isso porque não há prazos para o dinheiro ser compensado nem intermediários nesse processo.

Gostou desse artigo? Compartilhe com seus amigos!

Fique por dentro das últimas novidades sobre gestão empresarial! 

Assine a newsletter do blog Adaptive e receba conteúdos novos toda semana diretamente no seu e-mail!

Temos soluções para diferentes necessidades.

Saiba como tornar o seu negócio mais competitivo no mercado.

Muito Obrigado!

Muito Obrigado!

Muito Obrigado!

Muito Obrigado!

Muito Obrigado!

Combo Light

Ao informar meus dados, eu concordo com a Politica de Privacidade

Muito Obrigado!

Combo Plus

Ao informar meus dados, eu concordo com a Politica de Privacidade

Muito Obrigado!

Combo Master

Ao informar meus dados, eu concordo com a Politica de Privacidade

Muito Obrigado!