Gestão de estoque sazonal: o que é e como fazer

Gestão de estoque sazonal: o que é e como fazer

Datas tão esperadas pela indústria e varejo como Páscoa, Dia das Mães, Dia dos Namorados, Dia dos Pais, Dias das Crianças e Natal precisam ser planejadas com antecedência e cuidado, a fim de aumentar a lucratividade da empresa. Para isso, é necessário fazer a gestão do estoque sazonal corretamente para evitar falta de produtos ou que os mesmos fiquem parados no estoque.

Saber provisionar corretamente a demanda, mesmo com picos de vendas em alguns meses do ano, é o segredo do sucesso. 

Vários são os itens sazonais: brinquedos, materiais escolares, panetones, chocolates etc. Para cada negócio é diferente. E esses produtos possuem alta procura nas datas comemorativas. Logo, é preciso muita atenção ao planejar as suas compras com fornecedores.

Continue lendo para entender mais sobre o assunto.

O que é a gestão do estoque sazonal?

Para planejar a compra desses itens que são mais procurados em determinadas épocas é preciso fazer a previsão de demanda.

Para isso, é necessário analisar o mercado, os dados de vendas dos anos anteriores e até a situação econômica do país. Isso, em resumo, seria a gestão de estoque sazonal. E ela é fundamental para que a empresa não enfrente problemas ou prejuízos.

A gestão do estoque dos itens sazonais é de fundamental importância para um comércio saudável e com boas perspectivas de lucratividade. Por isso, entender o que o mercado precisa ao longo do ano, as tendências, lançamentos de novos produtos, principalmente nas datas festivas, ajudam o negócio a aumentar seu lucro anual.

O estoque sazonal tem como objetivo principal aumentar as vendas em determinados períodos do ano. Planejar o estoque nesses períodos ajuda a aumentar a margem de lucro do varejista. 

Para cada tipo de negócio há uma sazonalidade diferente

Cada tipo de empresa e mercado possui uma sazonalidade diferente. Em relação às manufaturas, por exemplo, além de fazer o estoque sazonal de produtos acabados, é preciso se preocupar com o estoque de matéria-prima.

Assim, é preciso se atentar aos insumos que não são produzidos linearmente, porque pode haver dificuldades em adquiri-los em alguns períodos do ano. Nessas épocas de baixa oferta de insumos, a empresa precisa manter um estoque correto para conseguir manter a produção.

Já as empresas do ramo de alimentos precisam manter estoques de matéria-prima pensando na sazonalidade de safras e entressafras para que possam ter o insumo em quantidade suficiente para a produção.

Manter o estoque sazonal de forma correta evita problemas com faltas de produtos e insumos, e tudo isso pode impactar diretamente na lucratividade da empresa. 

Os itens sazonais também são aqueles que têm alta demanda em determinada estação do ano. As confecções, por exemplo, trabalham as estações do ano lançando coleções para cada época e, assim, elas mudam seus estoques e suas vitrines.

A localização do negócio também pode fazer com que existam sazonalidades. Isso é muito comum em cidades turísticas que garantem boa parte dos seus lucros na época de férias escolares, devido ao aumento do turismo em suas regiões, por exemplo.

Outros produtos também são mais relacionados à temperatura como, por exemplo, a venda de sorvetes no verão, e de chocolates, cafés e sopas no inverno.

Se o gestor entender como é a sazonalidade do seu negócio, ele vai saber quanto e quando comprar, a que preço comprar e, assim, garantir mais lucratividade para a empresa.

Agora, que tal descobrirmos quais são as principais datas comemorativas e os produtos mais consumidos ao longo do ano?

Páscoa

Ovos de Páscoa, chocolates, bacalhau, vinho, azeite e peixes são alguns dos produtos que não podem faltar nessa época do ano e que geram maior demanda de produção.

Dia das Crianças

Brinquedos, principalmente os eletrônicos e importados. Lançamentos de novos brinquedos podem exigir muita atenção tanto na fabricação quanto para a importação e devem ser planejados com antecedência para evitar a falta de produtos ou componentes. 

Natal

A principal data do ano conta com uma diversidade muito grande de produtos que podem ser fabricados ou comercializados. Desde itens de decoração, brinquedos, alimentos típicos e até bebidas.

Réveillon

Na virada do ano aumenta o consumo de bebidas alcoólicas, de comidas típicas como chester, romã, castanhas, churrascos, e até as roupas de cor branca ficam em alta. 

É preciso lembrar que a gestão correta do estoque sazonal tem o importante papel de manter o equilíbrio financeiro das fabricantes e aumentar o lucro dos varejistas.

Como planejar os estoques sazonais?

Os estoques sazonais devem ser planejados com antecedência e esses itens não devem ser comprados de última hora. Isso significaria uma menor margem de lucro, já que os preços estão inflacionados devido à alta demanda alinhada às datas comemorativas.

Os gestores precisam estar atentos aos períodos de alta e baixa dos seus segmentos, pois todo negócio tem períodos sazonais, e conhecer a época correta pode ser determinante para o sucesso do empreendimento.

Estudar o mercado, fazer projeções dos produtos que são mais procurados em determinadas épocas do ano e suas tendências… tudo isso permite que você adquira as mercadorias e insumos corretos nas datas certas, evitando falta ou excesso de estoque.

Depois de definidos os produtos ou insumos sazonais, é necessário fazer o controle e a gestão. Por isso, planeje um orçamento durante o ano para esses itens. 

Além disso, a negociação com os fornecedores para os itens sazonais é de fundamental importância. Não se esqueça de verificar os aspectos como prazo de entrega, condições de pagamento e quantidade dos itens a serem adquiridos.

Como fazer a gestão do estoque sazonal corretamente?

O mais importante é que sua equipe registre de imediato a entrada e saída de produtos porque, ao fazer esse controle, você saberá como está o estoque e quando deve fazer a reposição.

Fique atento também aos prazos de validade da mercadoria, à qualidade do produto, aos preços de venda e de custo, entre outros aspectos que podem interferir na lucratividade.

Os produtos sazonais têm como caraterística a imprevisibilidade e, por isso, é preciso considerar o tempo em que eles ficarão parados na prateleira. Quanto mais tempo, menos chance de vendas. 

Por isso, é necessário fazer o controle do fluxo e giro do produto. Caso se perceba que os itens estão ficando encalhados, lance mão de promoções, descontos e queima de estoque.

Além disso, faça inventários periódicos para controlar corretamente a quantidade de itens. Essa é uma forma de evitar perdas por prazo de validade ou desvios, além de ajudar a reduzir custos. As informações do inventário também servem para ajudar na tomada de decisões estratégicas.

Como a gestão do estoque sazonal é muito importante para a lucratividade das empresas, separamos os detalhes das melhores estratégias para o seu negócio. Confira:

Entenda qual o ciclo do seu negócio

Antes mesmo de estabelecer um controle de estoque eficaz para datas sazonais, é fundamental que você conheça os períodos com maior e menor demanda de vendas do seu negócio, como já dissemos. 

Assim, será possível saber com maior assertividade em quais períodos é realmente interessante investir. 

Por exemplo, de acordo com a sua experiência de vendas, você já tem uma previsão de que irá vender mais no verão que no inverno, dependendo dos produtos comercializados.

Identifique produtos de maior demanda

Depois, verifique quais produtos foram responsáveis por um maior fluxo de vendas na loja em cada período.

Assim, você poderá entender que uma comemoração que cai em uma época com temperaturas mais amenas pode não ser tão interessante para o seu negócio, por exemplo.  

Em contrapartida, você pode diversificar a sua oferta de produtos, de acordo com os itens mais vendidos em cada período.  

As mercadorias de maior demanda são as que você deve investir em seu planejamento sazonal, para preparar o estoque adequadamente.

Planejamento de produtos em estoque

Preparar o estoque para sazonalidades significa que não faltarão produtos em estoque com a alta da demanda e, ao mesmo tempo, não sobrarão em demasia. 

Por isso, é muito importante planejar o orçamento anual considerando essas flutuações no estoque. 

Afinal, a quantia destinada para determinados produtos tende a aumentar ou a diminuir em cada período, e você precisa estar preparado para isso.

Negocie antecipadamente

Conhecendo bem o ciclo de vendas e os produtos mais vendidos, além do orçamento anual em dia, você estará preparado para negociar com os seus fornecedores com antecedência.

Não deixe para a última hora, mesmo que as mercadorias sejam perecíveis. Você pode iniciar o processo de compra com dois ou três meses de antecedência.

Dessa maneira, você terá tempo para negociar os melhores preços e formas de pagamento, conseguindo um melhor custo-benefício para o seu empreendimento.

Agora, se você deixar essa negociação para última hora, corre um risco muito maior do que apenas ter que pagar por preços muito altos: a falta de mercadorias. 

Com a demanda sazonal, os fornecedores podem não ter a quantidade necessária de prontidão. Essa situação pode comprometer os seus lucros. 

Controle o nível do seu estoque

Conhecer os níveis máximos e mínimos de estoque de uma empresa é essencial para a gestão do negócio, principalmente durante as sazonalidades. Por isso, o inventário do seu estoque deve estar sempre atualizado.

Apenas com esse acompanhamento é possível saber quando é necessário comprar novos itens e agir rapidamente quando mercadorias mais antigas estiverem empacadas ou próximas do vencimento. 

Além disso, ultrapassar o nível máximo das mercadorias em datas sazonais pode ser um grande erro.

Pense no caso dos Ovos de Páscoa: se sobrar uma quantidade muito alta, você terá que vendê-los a preços baixíssimos no dia seguinte.

Isso porque esses produtos são mais caros que outros chocolates e, após a Páscoa, por que o consumidor iria pagar um valor alto por um ovo se pode comprar uma barra de chocolate?

Por outro lado, se seu estoque acabar antes, o negócio deixará de lucrar, além de frustrar os seus consumidores.

A importância do software de gestão

Esqueça planilhas e anotações e use um software de gestão empresarial. Sem evolução tecnológica não é possível, nos dias atuais, fazer uma gestão eficaz do estoque.

Você encontra muitos softwares de gestão no mercado que fazem automaticamente o controle do estoque fundamentado nas compras e vendas realizadas ou nas matérias-primas consumidas durante a produção.

Os sistemas de gestão são fáceis de usar e ajudam muito no dia a dia da empresa.

Quais as vantagens em se utilizar um software de gestão?

  • Informações rápidas e seguras.
  • Integração entre compras e vendas.
  • Processos rápidos.
  • Evita erros nos dados dos inventários.
  • Redução de custos e mais eficiência.
  • Entre muitos outros.

O software de gestão é um investimento com retorno garantido, que melhora todos os processos das empresas, oferecendo agilidade e reduzindo os custos de forma definitiva.

A gestão correta do estoque sazonal pode influenciar no aumento das vendas e da lucratividade da empresa, evitando prejuízos por alto estoque. Por isso, é muito importante implantar um controle de gestão eficiente para o seu negócio.

Se você gostou desse artigo e não quer perder dicas, aproveite e nos acompanhe em nossos canais digitais FacebookInstagramLinkedin ou YouTube.

Fique por dentro das últimas novidades sobre gestão empresarial! 

Assine a newsletter do blog Adaptive e receba conteúdos novos toda semana diretamente no seu e-mail!

Temos soluções para diferentes necessidades.

Saiba como tornar o seu negócio mais competitivo no mercado.

Muito Obrigado!

Muito Obrigado!