fbpx

Você realmente sabe fazer controle de despesas da sua marcenaria?

6 minutos
Razem Business está entre as principais soluções para revenda de acessórios para marcenaria

Será que você está fazendo corretamente o controle de despesas da sua marcenaria? Quando chega o fim do mês, você sabe exatamente tudo o que foi gasto com a empresa? Ou fica tentando lembrar algum gasto que esqueceu de registrar?

Não se pode negar o quanto é importante acompanhar as finanças para saber como está a situação do seu negócio. E fazer precisamente o controle de despesas pode te ajudar muito nisso.

Imagino que você já deve fazer algum tipo de controle de despesas da sua marcenaria. Mas, vez ou outra, você se vê com as contas da empresa atrasadas e até mesmo sem perspectivas para planejar o ano?

Então, pode ser que você não esteja sabendo fazer o controle de despesas corretamente. Por isso, reunimos aqui dicas práticas para você organizar as despesas da sua marcenaria. Confira.

 

Descubra se você sabe fazer o controle de despesas da sua marcenaria

Você faz um planejamento das despesas?

Para as finanças da sua marcenaria irem bem, você precisa conseguir equilibrar as receitas e as despesas.

É claro que prever as receitas é um pouco mais complicado, porque vai depender de quantos trabalhos surgirem para a sua marcenaria.

No entanto, prever as despesas é algo mais simples e que precisa ser feito. 

Para fazer um planejamento das suas despesas, é importante que você estipule um período nem muito curto nem muito longo. Por exemplo, um ano.

Isso porque planejamentos muito curtos não possibilitam enxergar o negócio a longo prazo, o que não é bom.

Por outro lado, o planejamento que extrapola o período de um ano acaba se tornando fora da realidade, já que os custos vão sendo atualizados com o tempo.

Dessa forma, um planejamento anual para controle de despesas é o ideal. Nele, devem ser incluídas as despesas fixas que você tem todo mês na marcenaria. Ou seja, contas de consumo, como energia, água e telefone. Caso não seja possível planejar o valor exato, faça uma estimativa, tendo como base as contas dos últimos meses.

Agora, vamos para as despesas variáveis. Elas também devem ser incluídas segundo uma estimativa. Por exemplo, se você já sabe que as vendas aumentam no início do ano, pode prever um valor maior para a compra de materiais nessa época.

Mas é importante deixar claro um detalhe: o planejamento deve ser respeitado, mas não pode ser definitivo. Fatores externos, como inflação e taxas de juros, podem influenciar as finanças da sua marcenaria. Por isso, o seu planejamento deve acompanhar também essas alterações.

 

Você separa o que é gasto do que é investimento?

Para fazer um perfeito controle de despesas da sua marcenaria, você precisa categorizar o que é gasto e o que é investimento.

Ou seja, as despesas que não trarão nenhum retorno para a sua marcenaria devem ser classificadas como gastos. Ou seja, contas que você precisa pagar para manter o seu negócio funcionando.

Enquanto isso, as despesas que podem trazer algum retorno para a sua marcenaria devem ser classificadas como investimento. Ou seja, aquelas que você tem para produzir ou mesmo para crescer o empreendimento.

Um exemplo de investimento é a implantação de um sistema de gestão para o seu negócio. Automatizando os processos da sua marcenaria com um sistema, você está investindo para ter mais agilidade e mais controle do seu negócio, o que pode trazer mais lucro para você.

Sendo assim, essas duas categorias precisam estar discriminadas separadamente no seu planejamento anual de despesas.

 

Você tem uma reserva financeira?

A sua marcenaria está preparada para imprevistos? Assim como em qualquer empresa, o seu negócio está sujeito a passar por eventos imprevisíveis.

Por exemplo, uma máquina pode estragar e você pode precisar levá-la para manutenção. Ou ainda uma chuva forte pode danificar a estrutura do seu espaço de trabalho e você pode precisar providenciar reparos.

Dessa forma, você precisa estar preparado para despesas emergenciais. Isso faz parte do controle de despesas. Por isso, é essencial que a sua marcenaria tenha uma reserva financeira, para que você não tenha necessidade de recorrer a créditos bancários.

Assim, você mantém a saúde financeira do seu negócio sem precisar assumir dívidas que prejudiquem as suas finanças por um longo período.

 

Como você faz o fluxo de caixa?

O fluxo de caixa é o controle das entradas e saídas de recurso da sua empresa. Ou seja, nele você indica tudo aquilo que recebe e tudo aquilo que gasta.

De que forma você tem feito esse controle na sua marcenaria?

Você vai anotando tudo em um caderno, manualmente? Usa uma planilha de Excel? Ou conta com um sistema de gestão para fazer tudo automatizado?

Para um fluxo de caixa eficiente e, consequentemente, um bom controle de despesas, não é interessante que você faça esses registros manualmente.

Isso porque é comum fazer alguma anotação errada ou mesmo esquecer de registrar alguma informação. Dessa forma, toda a sua gestão financeira fica comprometida, prejudicando o crescimento da sua marcenaria.

 

Mas como um sistema de gestão pode ajudar a minha marcenaria?

 

Você deve acreditar que quem precisa de um sistema de gestão são só empresas grandes. Mas isso não é verdade. Um sistema de gestão auxilia empresas de qualquer porte.

Então, mesmo que a sua marcenaria seja pequena, você não tem ideia do quanto um sistema de gestão pode ser útil para você ganhar tempo e deixar o seu trabalho mais profissional.

Com um sistema de gestão como o da Razem, por exemplo, você consegue precificar seu trabalho de maneira mais inteligente, considerando os valores que você gastou com materiais, a sua mão de obra e a margem de lucro que você determinar. Assim, fica mais fácil você saber quando pode e quando não pode dar determinado desconto, por exemplo.

Outra funcionalidade é a facilidade que você tem para fazer compra de materiais. Por exemplo, ao incluir no seu pedido uma chapa de MDF branco, automaticamente, o sistema oferece fita de borda e tapa-furo da mesma cor. Ou seja, itens que geralmente são comprados juntos. Então, é só acrescentar ao pedido que você está fazendo ao seu fornecedor e enviar. Uma maneira bem mais simples e rápida de fazer suas compras, né?

E, então, identificou se você realmente sabe fazer o controle de despesas da sua marcenaria? O caminho mais fácil é com um sistema de gestão. Descubra tudo o que o sistema de gestão da Razem pode oferecer pela sua marcenaria.

 

Quero saber mais sobre o sistema da Razem

Fique por dentro das últimas novidades sobre gestão empresarial! 

Assine a newsletter do blog Adaptive e receba conteúdos novos toda semana diretamente no seu e-mail!

Leia Também

Temos soluções para diferentes necessidades.

Saiba como tornar o seu negócio mais competitivo no mercado.

Muito Obrigado!

Muito Obrigado!