fbpx

Curva ABC: saiba como aprimorar sua gestão de estoque

Curva ABC: saiba como aprimorar sua gestão de estoque

Ainda que seja extremamente necessário, o fato é que manter o estoque é um custo para a empresa. Mas, como é praticamente impossível gerir um empreendimento sem produtos em armazenamento é necessário buscar maneiras para controlar esse ativo da melhor maneira. É aí que entra a Curva ABC.

Sabemos que existe o método “Just in Time”, onde a empresa, basicamente, só adquire o que venderá em um curto prazo. Mas a verdade é que esse tipo de estratégia é arriscado e quase inviável para muitos dos negócios.

Sendo assim, a Curva ABC entra como uma metodologia inteligente para aprimoramento da gestão de estoque e aumento do ROI (Return On Investment) dos produtos.

Quer saber como funciona a Curva ABC e como ela pode, de fato, trazer melhores resultados para a sua gestão de estoque? Então, continue lendo e confira a nossa postagem completa sobre o assunto. Boa leitura!

 

O que é a Curva ABC?

Como dito anteriormente, a Curva ABC é uma metodologia de categorização e organização do seu estoque. Além de ajudar na segmentação dos produtos, o método tem como objetivo principal apontar quais itens são os mais importantes para o negócio.

O grande segredo é que na Curva ABC nem sempre os produtos de maior valor aquisitivo entram na classificação A, ou seja, entre aqueles que são mais relevantes para o fluxo de caixa da empresa.

 

Como pôr em prática a Curva ABC?

Para colocar a Curva ABC em prática na sua empresa, primeiramente é preciso definir um período de análise, pode ser o mês anterior, trimestre etc. A definição deve ser de acordo com o perfil do seu negócio.

Após isso, é preciso listar todos os itens do seu estoque, colocando nos detalhes informações relevantes sobre todos os produtos, por exemplo:

  • valor total por produto (multiplicando a quantidade total pelo valor unitário de cada item);
  • valor unitário por produto;
  • quantidade vendida.

Em seguida, você precisa calcular a participação de cada item nas vendas da sua empresa. Para isso, é preciso dividir o valor total do produto pelo seu total de vendas naquele período.

Tendo os resultados em mãos, é o momento de classificar cada item dentro da Curva ABC. Fica basicamente dessa maneira.

  • Itens A: responsáveis por até 80% das vendas;
  • Itens B: responsáveis por até 15% das vendas;
  • Itens C: responsáveis por até 5% das vendas.

Como falamos no início deste artigo, o grande diferencial da Curva ABC é que nem sempre os produtos mais valiosos entram no grupo de maior importância para a lucratividade da empresa.

Digamos, por exemplo, que você tem um varejo no ramo de papelaria. Uma resma de papel é sem dúvida mais barata que uma impressora completa. Porém, na mensuração da Curva ABC, a resma de papel corresponde a 80% das suas vendas, sendo um produto que não pode faltar no seu estoque.

No entanto, não significa que a venda de uma impressora completa seja algo negativo. Pense que a cada 100 clientes que entram para comprar o papel, 1 se interessa em adquirir um equipamento novo.

Mas esse é apenas um exemplo. A porcentagem pode variar de acordo com cada modelo de negócio. Além disso, os critérios podem mudar, não se limitando ao preço unitário do produto ou quantidade vendida. É interessante que o estudo considere o perfil da sua empresa e a realidade do mercado.

 

Como a Curva ABC pode aprimorar a sua gestão de estoque?

Agora você já sabe aplicar a Curva ABC na sua empresa. Mas, como a aprimorar o seu estoque a partir dessa metodologia? Se você ainda está com essa dúvida, continue lendo e entenda como a Curva ABC pode ser benéfica para o seu negócio.

Sintonia entre estoque e demanda dos seus clientes

Uma das maiores dificuldades de muitos gestores é justamente encontrar a sintonia entre a demanda da empresa e a quantidade estocada. Algumas vezes, eles pecam no abarrotamento, já outros acabam cometendo o pecado da ruptura.

Por essa razão, sem dúvida, esse é o principal motivo de você aplicar a Curva ABC na sua gestão de estoque. A partir desse trabalho, você passa a controlar melhor a quantidade de itens que são armazenados na sua empresa e corresponde com mais eficácia a procura dos consumidores.

Com o método ABC a sua empresa diminui as chances de erros, investindo em produtos que ficarão menor tempo no estoque e equilibrando a quantidade daqueles que apresentam menor fluxo.

Melhor investimento, maior retorno

Um estoque parado é algo frustrante para qualquer empresário. Além demonstrar uma falha no planejamento, passa a ser um ativo que provavelmente não trará o retorno esperado.

A partir da implantação da Curva ABC, você conta com informações mais coesas sobre a demanda dos seus clientes e começa a definir melhores caminhos para o investimento em cada grupo de produtos, aumentando o seu ROI por consequência.

Diminuição da taxa de avarias e validade

Outro grande problema na gestão de estoque é o alto índice de avarias e vencimento de produtos. Uma realidade ainda mais preocupante, pois, diferentemente do abarrotamento de estoque, aqui há a certeza de prejuízo – alguns fornecedores realizam trocas, mas isso não é uma regra.

Porém, a verdade é que o acúmulo de produtos de baixo giro é justamente um dos principais causadores de avarias. Quanto maior a quantidade de itens encalhados no estoque, maior também é a chance de contratempos nesse sentido.

Mas, se você nivela o volume de compras de acordo com o ROI de cada grupo, passa a ter menores chances de encalhe. Assim, os números de avarias e vencimentos tendem a diminuir.

Resposta rápida às necessidades do cliente

Esse é um benefício já resultante do aprimoramento da sua gestão de estoque. Com a Curva ABC em ação e uma sintonia quase perfeita entre estoque e demanda, a “ponta da lança”, que neste caso é o cliente, tende a receber um serviço de maior qualidade.

Na verdade, você cria um círculo positivo para todos: o cliente tem as suas necessidades correspondidas, conseguindo comprar os seus itens favoritos, e a sua empresa lucra mais com as vendas e um estoque bem equilibrado.

Enfim, a Curva ABC é um método utilizado por diversas empresas ao redor do mundo. E a melhor parte que se trata de uma metodologia aplicável em empreendimentos de diferentes segmentos e tamanhos.

Todavia, é essencial contar com um sistema de controle de estoque, como o RZ Business, afinal, para que a Curva ABC funcione é preciso um levantamento correto de informações. Lembre-se que o resultado final depende de um bom trabalho inicial.

Agora que você já sabe como usar a curva ABC para aprimorar sua gestão de estoque, clique e conheça a solução de curva ABC do RZ Business e o que ela faz!

Fique por dentro das últimas novidades sobre gestão empresarial! 

Assine a newsletter do blog Adaptive e receba conteúdos novos toda semana diretamente no seu e-mail!

Leia Também

Temos soluções para diferentes necessidades.

Saiba como tornar o seu negócio mais competitivo no mercado.

Muito Obrigado!

Muito Obrigado!