fbpx

Manutenção industrial: 7 motivos para ter um plano de manutenção preventiva

Manutenção industrial preventiva

A manutenção industrial é o setor que cuida da revisão, supervisão e diagnóstico de equipamentos, espaços e insumos industriais. Dentro desse setor, existe a manutenção preventiva, que visa identificar necessidades antes que elas se tornem problemas.

Para isso é feito um plano de manutenção preventiva, essencial para descobrir qual a situação real dos equipamentos e identificar falhas. Entretanto, esse processo pode ser demorado, complexo e demandar alto grau de dedicação.

Por este motivo, muitas vezes as empresas se perguntam se ele é realmente necessário. Se você está se fazendo essa mesma pergunta, hoje trouxemos 7 motivos para ter um plano de manutenção preventiva em sua indústria e garantir que as falhas sejam corrigidas antes que gerem prejuízos.

 

O que é o plano de manutenção preventiva?

O plano de manutenção preventiva é um conjunto de operações e atividades que devem ser realizadas em determinado intervalo de tempo em cada equipamento. Entretanto, ele também abrange materiais e peças, de forma que estes são essenciais ao bom funcionamento industrial.

No plano de manutenção preventiva, os colaboradores responsáveis encontram um roteiro que lhes diz o que fazer e quando. Obtém-se então, um cronograma completo que mantém a empresa funcionando e identifica o quanto antes as falhas e potenciais problemas que podem colocar em risco a operação industrial.

Para resumir, o plano de manutenção preventiva realiza a análise e o acompanhamento de equipamentos em uso para identificar desgastes e falhas que podem se tornar graves problemas.

 

Veja abaixo 7 motivos para elaborar um plano de manutenção preventiva 

1 – Segurança em primeiro lugar 

A segurança do trabalho deve sempre vir em primeiro lugar. Um plano de manutenção preventiva atua para elevar o nível de segurança oferecido aos colaboradores e a todos os envolvidos nas atividades diárias.

Equipamentos desgastados e com potenciais defeitos ou falhas representam riscos à integridade física daqueles que os rodeiam. Isso inclui os colaboradores que operam esses equipamentos, seus colegas próximos ou todos os funcionários da empresa.

Evitar e prevenir acidentes é um dos principais objetivos e motivos para elaborar um plano de manutenção industrial. Dependendo da magnitude do problema, todas as pessoas presentes no local podem estar em situação de risco, sobretudo em indústrias que trabalham com produtos químicos ou materiais inflamáveis.

A única forma de garantir que a segurança está sendo observada nesse quesito é elaborar e seguir um bom plano de manutenção preventiva.

 

2 – Redução de custos com manutenção 

Quanto mais grave é o problema, mais caro será o reparo. Isso é uma certeza que ninguém pode discutir. A questão é que, quanto mais tempo você demora para perceber um problema, mais grave ele se torna.

Imagine uma viga de um prédio onde há uma rachadura. Com o tempo, a rachadura cresce, fica mais profunda e se abre cada vez mais. Eventualmente, toda a estrutura do prédio ficará comprometida por aquela viga, ou seja, uma rachadura pode se transformar na interdição do prédio.

Com equipamentos industriais, não é diferente. O desgaste se intensifica ao continuar utilizando equipamentos com falhas. Desenvolver um plano de manutenção preventiva é essencial para identificar essas falhas e evitar maiores problemas, que geram um custo muito maior.

 

3 – Otimização operacional

Quando não há um plano de manutenção preventiva, o trabalho todo gira em torno de resolver pequenos problemas. Ocorre desperdício de matéria-prima, insumos, energia e também de tempo de trabalho.

Sem um fluxo de trabalho e as ferramentas adequadas, os colaboradores acabam utilizando muito mais recursos do que o realmente necessário, além de ignorarem pequenos problemas.

Como resultado, ocorre uma grande perda de tempo, de materiais e de recursos financeiros com a solução de problemas que não deveriam existir. Isso tudo sem falar na indisponibilidade de equipamentos. Tudo isso é mais um motivo para ter um plano de manutenção preventiva.

 

4 – Durabilidade de equipamentos e peças 

O uso de peças e equipamentos causa desgaste natural aos componentes. Infelizmente, não há como evitar que um equipamento se torne inutilizável algum dia, por mais tempo que isso demore. Entretanto, é sim possível estender a vida útil com a manutenção preventiva.

Com um bom plano de manutenção preventiva, você se torna capaz de identificar necessidades nos equipamentos e peças, podendo cuidar de seus componentes. Isso contribui para estender a vida útil desses recursos, a fim de que eles se tornem mais duráveis.

Como resultado, será necessário investir menos em novos equipamentos, podendo utilizar com segurança e eficiência os que já estavam disponíveis anteriormente.

 

5 – Manutenção mais ágil 

Uma vez que você entende o que há de errado e quais as necessidades de cada equipamento, o tempo gasto com a manutenção diminui drasticamente. Manutenção é sinônimo de redução da capacidade operacional e, portanto, quanto mais rápido ocorrer esse procedimento, melhor.

Ter um plano de manutenção preventiva possibilita estar preparado para realizar a manutenção da forma mais rápida possível, sempre que ela for necessária. Assim, você não perde tempo ou produtividade.

 

6 – Equipamentos mais confiáveis 

A confiabilidade é um fator extremamente importante em qualquer indústria. Ter equipamentos confiáveis é a diferença entre a tranquilidade e a preocupação. A melhor forma de ter equipamentos confiáveis é elaborando e seguindo um plano de manutenção preventiva.

Acompanhando o desempenho de equipamentos, você entende quais são as limitações e as capacidades de cada um. Poderá, então, aceitar novas demandas de acordo com a realidade operacional, sem a preocupação de não conseguir dar conta dos pedidos.

 

7 – Maior estabilidade dos equipamentos

Por fim, mas não menos importante, quanto mais bem supervisionados forem seus equipamentos, menos defeitos eles terão. Um plano de manutenção preventiva pode te auxiliar a manter peças e equipamentos sempre em boas condições, fazendo-se necessário um menor número de reparos.

O intervalo entre uma manutenção e outra se torna muito maior, permitindo que você continue produzindo durante mais tempo, com mais confiança e segurança.

Ficou fácil de entender quantos benefícios sua indústria ganha por ter um plano de manutenção preventiva. Vale a pena investir o tempo e o esforço necessário para depois colher esses frutos que fazem a diferença no negócio.

Continue recebendo conteúdos relevantes e importantes para sua empresa assinando nossa newsletter.

Fique por dentro das últimas novidades sobre gestão empresarial! 

Assine a newsletter do blog Adaptive e receba conteúdos novos toda semana diretamente no seu e-mail!

Temos soluções para diferentes necessidades.

Saiba como tornar o seu negócio mais competitivo no mercado.

Muito Obrigado!

Muito Obrigado!