Por que investir em segurança e infraestrutura no posto de combustível?

Publicado em:

Por que investir em segurança e infraestrutura no posto de combustível?

Da compra de equipamentos aos cuidados com a manutenção, a segurança deve ser um aspecto fundamental de toda a infraestrutura no posto de combustível.

Investir na otimização dos diferentes aspectos do seu negócio pode reduzir custos e aumentar o lucro no longo prazo. Confira, a seguir, como implementar melhores práticas de segurança e infraestrutura no posto de combustível e as vantagens que elas podem trazer!

 

Eleja equipamentos sustentáveis

A primeira etapa da montagem da infraestrutura no posto de combustível é a compra de equipamentos. Pensar na sustentabilidade também deve ser uma prioridade do empresário nesse aspecto.

No quesito segurança, os equipamentos sustentáveis minimizam riscos ao meio ambiente, pois evitam derrame de combustível e consequentes explosões e contaminação.

Além da visível redução de impactos, eles também diminuem consideravelmente os gastos com eletricidade – caso o posto seja revestido com placas coletoras de energia e aquecedores solares – e com consumo de água – por meio de sistema de captação de água da chuva.

 

Invista na manutenção preventiva para evitar a corretiva

A manutenção também é fundamental para garantir vida útil, boa operação e segurança dos equipamentos e na prevenção de acidentes. Ela pode ser feita no dia a dia pelos próprios funcionários. Mas também é preciso investir no trabalho de profissionais especializados.

Esse tipo de manutenção é chamada de preventiva e visa ao controle da qualidade da operação e do produto. Ela é importante para antecipar problemas mais graves – que são causados por acidentes e quebras –, os quais exigem uma manutenção corretiva, mais cara e com impactos maiores.

 

Procure uma boa localização

Um dos elementos mais importantes para a montagem da infraestrutura no posto de combustível é a localização. Um ponto com boa movimentação e custo acessível costuma ser um dos mais desejados pelos empresários, que querem garantir um alto índice de vendas sem prejudicar o bolso.

No entanto, durante a escolha do local que receberá o empreendimento, outros aspectos também devem ser levados em consideração, como:

  • Acessibilidade
  • Iluminação
  • Sinalização visível
  • Condições viáveis de saneamento
  • Policiamento
  • Concorrência

 

São esses elementos que garantirão a segurança, o conforto e a acessibilidade dos motoristas e funcionários que circulam pelo local.

Em caso de dúvidas sobre uma localização, o melhor caminho é fazer uma pesquisa no site da Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP). Nele é possível analisar o índice de postos em determinada área e os valores de venda.

Contratar um consultor que avalie as condições de um terreno ou viabilidade de um ponto comercial também é uma alternativa válida para fazer o melhor negócio e evitar a perda de dinheiro.

 

Fique de olho na legislação

Cada município possui regras e critérios próprios para liberar a construção de um posto de combustível. Mas, de maneira geral, é proibida a construção desse tipo de empreendimento a uma certa distância de escolas, igrejas e hospitais ou ao lado de rios e nascentes.

Aliada a essas proibições, o Conselho Nacional de Meio Ambiente (Conama) e a ANP exigem uma série de documentos, como: laudo de liberação de esgoto e órgãos de trânsito e uma vistoria completa do Corpo de Bombeiros.

Antes de começar a sonhar com o funcionamento do posto, é importante se informar sobre a legislação de segurança e licenciamento ambiental de uma localidade. Já que qualquer erro ou irregularidade pode barrar definitivamente a abertura do negócio.

 

Cuide do relacionamento com distribuidores e funcionários

Durante o processo de abertura e manutenção do posto, o empresário pode optar por não ter um contrato de exclusividade com nenhuma distribuidora de combustível ou assumir uma única bandeira.

Essa opção se apresenta mais viável para quem precisa de auxílio no custeamento de gastos. No entanto, também é preciso ficar atento às vantagens de cada distribuidora e o que oferecem – para que o motorista receba um produto seguro e de qualidade.

Os funcionários também precisam receber um treinamento especial para que, além de prestar um bom atendimento, sejam capazes de seguir as normas de segurança e preservação ambiental do posto de combustível que representam.

 

O que achou das dicas para melhorar a infraestrutura no posto de combustível? Cadastre-se abaixo e receba conteúdos incríveis em seu e-mail.

 

Créditos: Arxo

GOSTOU? Deixe seu e-mail e receba conteúdos como este!

O que achou? Deixe um comentário